A vitamina B-12 é uma vitamina essencial solúvel em água que desempenha um papel importante em muitas funções do corpo, incluindo:

  • Síntese de DNA
  • produção de energia
  • saúde das células nervosas
  • formação de glóbulos vermelhos
  • função neurológica

Esta vitamina está presente em muitas fontes alimentares (principalmente de origem animal), onde se liga às moléculas de proteína nesse alimento.

A vitamina B-12 é separada da proteína durante a digestão e é absorvida pela corrente sanguínea.

O ácido clorídrico presente no estômago tem um importante papel para liberar a vitamina da proteína, e uma substância chamada fator intrínseco é necessária para garantir a sua absorção.

Pessoas incapazes de absorver adequadamente a vitamina B-12 podem ter anemia perniciosa , que é um tipo de anemia caracterizada pela falta de fator intrínseco.

A ingestão diária média de vitamina B12, recomendada, é de 2,4 microgramas (mcg) para homens e mulheres acima de 14 anos. As mulheres grávidas e que amamentam necessitam de um pouco mais, 2,6 mcg e 2,8 mcg, respectivamente.

Fontes de vitamina B12

Além de obter vitamina B-12 a partir de fontes alimentares é possível adquirir também através de uma versão artificial do nutriente, conhecida como cianocobalamina.

Outra opção são injeções de vitamina B-12 que contém altos níveis de cianocobalamina – só devem ser usadas com orientação médica. Essas injeções, podem aumentar rapidamente os níveis de B-12 em pessoas com deficiências.

A cianocobalamina está disponível em forma de líquido, comprimido ou cápsula. Certos alimentos, como cereais e leite não lácteo e iogurtes, podem ser fortificados com a forma humana da vitamina B-12.

Os alimentos ricos em vitamina B12 são em sua maioria de origem animal, como peixes, carnes, ovos, queijo e leite e servem para manter as células vermelhas do sangue saudáveis, atuando na prevenção e no combate da anemia. Os mais indicados são Salmão, Sardinha, fígado, ovos, iogurte, frango e soja.

Embora os suplementos B-12 e os alimentos fortificados com a vitamina estejam prontamente disponíveis.

É importante notar, que níveis baixos são raros na maioria dos adultos saudáveis, ​​porque o fígado humano armazena por um bom tempo a vitamina B-12.

No entanto, alguns grupos de pessoas estão em risco de deficiência vitamina B-12 como os veganos.

Pessoas com sinais e sintomas de deficiência de B-12

Qualquer pessoa que esteja exibindo algum dos sinais e sintomas de uma deficiência de B-12 ou anemia perniciosa deve consultar o médico imediatamente.

Alguns sinais e sintomas comuns incluem:

  • diminuição da função cognitiva, como problemas com memória ou compreensão
  • fadiga
  • letargia
  • prisão de ventre
  • tontura
  • depressão e irritabilidade
  • dor de cabeça
  • dificuldade em manter o equilíbrio
  • ferida, inchaço da língua
  • arritmias cardíacas
  • feridas na boca
  • alterações de visão

Além disso, os seguintes fatores de risco podem aumentar a chance de desenvolver deficiência de vitamina B-12:

  • abusar de álcool
  • fumar
  • certos medicamentos prescritos, incluindo antiácidos e alguns medicamentos para diabetes tipo 2.
  • Doença autoimune relacionada ao sistema endócrino, como diabetes ou distúrbio da tireoide
  • Dieta vegetariana e vegana
  • distúrbios gastrointestinais, como a Doença de Crohn
  • cirurgia de redução de estômago
  • envelhecimento
Pessoas com problemas gastrointestinais

Um trato gastrointestinal que não funciona normalmente pode inibir a liberação ou a absorção de vitamina B-12. Por esse motivo, pessoas com distúrbios como a doença celíaca e a doença de Crohn podem apresentar maior risco de deficiência de vitamina B-12.

Indivíduos que foram submetidos a cirurgia gastrointestinal, incluindo cirurgia para perda de peso, podem ter menos células necessárias para secretar ácido estomacal e fator intrínseco. Como resultado, eles podem ter dificuldades para absorver vitamina B-12.

Doses de  vitamina B-12 injetáveis, podem ser particularmente úteis para pessoas que têm problemas gastrointestinais porque as injeções tendem a contornar essas áreas.

Envelhecimento

Estudos sugerem que a deficiência de vitamina B12 afeta um número maior de idosos do que aqueles com menos de 65 anos.

Os adultos mais velhos podem ser afetados por condições que estão ligadas a uma diminuição na produção de ácido do estômago, incluindo inflamação no estômago (gastrite atrófica).

Além disso, níveis mais baixos de ácido do estômago podem estimular  o crescimento de certas bactérias no intestino que usam a B-12, reduzindo a quantidade de vitamina disponível para o corpo.

Vegetarianos e veganos

Como a vitamina B-12 é encontrada principalmente em peixes, carnes, ovos e laticínios, as pessoas que não consomem esses alimentos correm risco de deficiência de B-12 e podem se beneficiar de injeções regulares de vitamina B12 ou outros suplementos.

Fonte:

CLARKE, Robert et al. Folato, vitamina B12 e níveis séricos totais de homocisteína na doença de Alzheimer confirmada. Arquivos de neurologia , v. 55, n. 11, p. 1449-1455, 1998.

OH, R; BROWN, David L. Deficiência de vitamina B12. Médico de família americano , v. 67, n. 5, p. 979-986, 2003.

ANDRÈS, Emmanuel et al. Deficiência de vitamina B12 (cobalamina) em pacientes idosos. Canadian Medical Association Journal.

MOLL, Rachel; DAVIS, Bernard. Ferro, vitamina B12 e folato. Medicina , v. 45, n. 4, p. 198-203, 2017.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *