A placa de ateroma é formada por gordura, cálcio, colesterol e resíduos das células do corpo. Esta mistura pode aderir às paredes das artérias, tornando estes vasos sanguíneos mais estreitos. Quando isso acontece ocorre uma doença denominada aterosclerose.

No entanto há formas de prevenir o acúmulo de placas e a aterosclerose.  O melhor tratamento geralmente é a prevenção, uma vez que remover a placa é muito mais difícil do que impedir que ela ocorra.

Fazer uso de uma dieta saudável para o coração e fazer exercícios regularmente pode ser uma ferramenta poderosa para prevenir artérias entupidas.

Evite gorduras trans

O tipo de gordura ingerida pode ajudar na formação de placas nas artérias. A American Heart Association (AHA) recomenda que se limite ingestão de gorduras saturadas e trans. Isso ocorre porque esses tipos de gorduras contêm altos níveis de colesterol LDL, que é o principal componente de placas de ateromas nas artérias.

Alimentos que são ricos em gorduras trans incluem:

  • frituras
  • alimentos embalados processados
  • bolos, tortas e doces
  • bolachas e biscoitos
  • substitutos de margarina ou manteiga
  • gordura vegetal
  • produtos com óleos parcialmente hidrogenados, também conhecidos como gorduras trans.

Juntamente com as gorduras trans, as gorduras saturadas também podem afetar a saúde do coração, embora a evidência disso seja mista. Gorduras saturadas são encontradas principalmente em produtos de origem animal, como carne bovina, suína e laticínios, mas também óleo de côco e palma.

Pesquisas encontraram evidencias que o risco de problemas cardiovasculares diminui quando reduzia-se a ingestão de gorduras saturadas ou quando eram  substituíam por gorduras insaturadas.

Deve-se evitar o consumo de gorduras saturadas porque aumentam o colesterol LDL no corpo, o que é uma causa direta de problemas cardíacos.

Dê preferencia a gorduras insaturadas

Gorduras insaturadas são boas gorduras. Eles contêm colesterol HDL, que pode ajudar a tirar o colesterol ruim das artérias antes que ele se transforme em placa.

Gorduras insaturadas são encontradas principalmente em vegetais e peixes. As fontes incluem:

  • abacate
  • azeitonas
  • nozes
  • alguns óleos vegetais, incluindo girassol e azeitona
  • peixes como a truta, arenque e salmão
Dicas dietéticas

Recomenda-se  para  reduzir o colesterol LDL opte pelo consumo de uma dieta rica em:

  • frutas e vegetais
  • nozes
  • grãos integrais
  • laticínios com baixo teor de gordura
  • peixes
  • aves

Evitar alimentos açucarados, carne vermelha e bebidas açucaradas.

Consumir chás de ervas

Consumo de chás, como chá verde ou preto, chá de rooibos ou chá de gengibre podem bons substitutos para outras bebidas.

Um estudo de 2011 descobriu que beber 6 xícaras de chá de rooibos por dia durante 6 semanas diminuiu os níveis de colesterol LDL no sangue em adultos que estavam em risco de doenças cardíacas.

O chá verde também   pode ajudar. Uma revisão de 2011 relatou que o chá verde e seus extratos poderiam reduzir o colesterol LDLsangue.

A suplementação de gengibre pode melhorara marcadores significativos que podem levar a eventos cardiovasculares, de acordo com um estudo de 2016.

Exercite-se regularmente

A obesidade um fator de risco para o acúmulo de placas de ateromas e doenças cardíacas. Além de ingerir dieta saudável, o exercício físico regular pode ajudar a perder peso e reduzir o risco de problemas cardíacos.

Exercícios físicos que melhoram a resposta cardiovascular incluem: corrida, ciclismo, natação, exercício aeróbico.

Estudos recomendam a pratica 30 a 60 minutos de exercício no mínimo 3 vezes por semana.

Complicações da aterosclerose

Nos países desenvolvidos, as doenças cardiovasculares são a causa principal de morte entre as pessoas de ambos os sexos, sendo a doença das artérias coronárias a causa principal das doenças cardiovasculares. O índice de mortalidade é influenciado tanto pelo sexo, como pelo grupo étnico; é mais elevado nos homens do que nas mulheres, sobretudo nos de idade compreendida entre os 35 e os 55 anos. Depois dos 55 anos, o índice de mortalidade no sexo masculino diminui, enquanto nas mulheres continua numa tendência ascendente.

  • Angina, uma condição onde ocorre dor no peito -precordialgia – como resultado da falta de fluxo sanguíneo para o coração.
  • Doença arterial periférica, ocorre quando a placa se acumula nos braços e pernas.
  • Fonte:
  • RIBEIRO, Kelly Cristina; SHINTAKU DE CÁSSIA OLIVEIRA, Roberta. A influência dos lipídios da dieta sobre a aterosclerose. ConScientiae Saúde, n. 3, 2004.
  • MARLI, Schiavo et al. Influência da dieta na concentração sérica de triglicerídeos. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, v. 39, n. 4, p. 283-288, 2003.
  • ADRIANA, D.; BARLETA, Valéria Calmeto Noronha. Alimento funcional: uma nova abordagem terapêutica das dislipidemias como prevenção da doença aterosclerótica. Cadernos UniFOA, v. 2, n. 3, p. 100-120, 2017.

Créditos imagem:

<a href=”https://www.freepik.com/free-photos-vectors/food”>Food image created by Freepik</a>

<a href=”https://www.freepik.com/free-photos-vectors/wood”>Wood image created by Jcstudio – Freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *