A próstata é uma pequena glândula em forma de noz que fica atrás da bexiga nos homens. Durante a atividade sexual, a próstata ajuda a produzir sêmen, um fluido rico em nutrientes que transporta o esperma durante a ejaculação.

À medida que alguns homens envelhecem, a próstata pode se tornar aumentada, uma condição conhecida como hiperplasia benigna da próstata – HPB.

A próstata é controlada por hormônios conhecidos como hormônios sexuais, como a testosterona.

Na próstata, a testosterona é convertida em outro hormônio chamado diidrotestosterona (DHT). Altos níveis de DHT causam o aumento das células na próstata.

Certos alimentos e bebidas são conhecidos, por causarem um impacto sobre a saúde da próstata, por causa de seus efeitos sobre a testosterona e outros hormônios.

Um estudo descobriu que uma dieta composta principalmente de carne ou produtos lácteos pode aumentar o risco de aumento da próstata e de câncer neste órgão. Principalmente se não incorporar vegetais suficientes na dieta.

Acredita-se que uma dieta rica em frutas, verduras e gorduras saudáveis ​​possam causar efeitos protetivos na próstata.

Alimentos que podem beneficiar a próstata incluem:
  • Salmão: O salmão é rico em gorduras saudáveis ​​que contêm ácidos graxo e ômega-3 que ajudam a prevenir e reduzir a inflamação.Outros peixes de água fria, como sardinha e truta, também são ricos nesses tipos de gorduras.
  • Tomates: Os tomates são ricos em licopeno, um antioxidante que pode beneficiar as células da próstata. Cozinhar tomates, em forma de molho de tomate ou sopa, ajuda a liberar o licopeno e torná-lo disponível para o corpo.
  • Fritas vermelhas: Morangos, mirtilos, framboesas e amoras são excelentes fontes de antioxidantes, que ajudam a remover os radicais livres do corpo. Os radicais livres são os subprodutos de reações químicas que ocorrem dentro do corpo e podem causar danos e doenças ao longo do tempo.
  • Brócolis: brócolis e outros vegetais crucíferos, incluindo bok choy, couve-flor, couve de Bruxelas e repolho, contêm uma substância química conhecida como sulforafano. Acredita-se que isso atinja as células cancerígenas e mantenha a próstata saudável.
  • Nozes: nozes são ricas em zinco, um mineral. O zinco é encontrado em altas concentrações na próstata e acredita-se que pode ajudar a equilibrar testosterona e DHT. Alimentos como nozes, moluscos e legumes também são ricos em zinco.
  • Citricos: Laranjas, limões, limas e toranjas são ricos em vitamina C, o que pode ajudar a proteger a próstata.
  • Cebola e alho: Outro estudo descobriu que homens com HPB tendiam a comer menos alho e cebola que os homens sem HPB. Mais pesquisas são necessárias para confirmar esses resultados, no entanto cebola e o alho são adições saudáveis ​​à maioria das dietas.

Uma dieta saudável para um aumento da próstata é mais do que apenas comer bons alimentos. Isso também significa evitar outros tipos de alimentos que não são bons para a próstata.

Alguns alimentos a evitar incluem:
  • Carne vermelha: Estudos acreditam que a ausência de carne vermelha pode ajudar a melhorar a saúde da próstata. De fato, o consumo diário de carne pode triplicar o aumento da próstata.
  • Laticínios: Da mesma forma que a carne, o consumo regular de laticínios tem sido associado a um aumento do risco de HPB. Cortar ou reduzir a manteiga, queijo e leite pode ajudar a reduzir os sintomas deste agravo.
  • Cafeína: A cafeína pode agir como um diurético, o que significa que aumenta a quantidade, frequência e a urgência para urinar. Cortar café, chá, refrigerante e o chocolate pode melhorar os sintomas urinários da HPB.
  • Álcool: O álcool também pode estimular a produção de urina. Homens com hiperplasia prostática benigna apresentam sintomas são melhorados ao abandonar o consumo de álcool.
  • Sódio: Um alto consumo de sal pode aumentar os sintomas do trato urinário associados à HPB. Seguir uma dieta com baixo teor de sódio não adicionar muito sal às refeições e evitar alimentos processados ​​pode ser útil para alguns homens.
Os sintomas da HPB incluem:
  • aumento da frequência e urgência urinária
  • dificuldade em iniciar a micção
  • fluxo de urina fraco
  • micção interrompida
  • micção frequente à noite
  • incontinência
  • dor após a ejaculação
  • dor ao urinar
  • retenção urinária ou incapacidade de urinar

Esses sintomas ocorrem quando uma próstata aumentada bloqueia a uretra, o tubo que passa entre a bexiga e a parte externa do corpo. Esse bloqueio pode dificultar ou mesmo impossibilitar a urina.

O tratamento da HBP depende da gravidade dos sintomas. Às vezes, apenas mudanças básicas de estilo de vida são necessárias.

No entanto, existem medicamentos ou procedimentos cirúrgicos que podem ser eficazes na redução do tamanho da próstata ou dos sintomas associados à HPB.

Gerenciando a próstata aumentada

Mudanças na dieta podem ser bastante eficazes no gerenciamento de alguns dos sintomas da HBP, mas outras mudanças básicas no estilo de vida também podem ajudar.

Algumas estratégias que podem aliviar os sintomas da HPB incluem:

  • gerenciamento do estresse
  • parar de fumar
  • evitar beber muito líquido a noite, para reduzir a micção noturna
  • esvaziar a bexiga completamente ao urinar
  • exercitar o soalho pélvico
  • evitar medicamentos que possam piorar os sintomas, como anti-histamínicos, diuréticos e descongestionantes, se possível
  • exercícios de treinamento da bexiga
  • limitar a ingestão de líquidos a 2 litros de líquidos por dia

Se essas mudanças no estilo de vida não forem eficazes, a medicação ou a cirurgia podem ser recomendadas pelo médico.

Créditos imagem:

<a href=”https://www.freepik.com/free-photos-vectors/food”>Food image created by Jcstudio – Freepik.com</a>

 

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *