Atualmente,  os alimentos vem sendo mais do que nunca considerados grandes aliados para manutenção e promoção a nossa saúde. Neste post,  vamos apresentar alguns alimentos que são grandes amigos de nossa saúde. Esperamos que gostem.

Amêndoas

As amêndoas são uma fonte rica de vitamina E, cobre e magnésio além de proteínas de boa qualidade e ácidos graxos insaturados saudáveis. As amêndoas podem ser comidas cruas ou torradas; estão disponíveis em fatias, em flocos, , como farinha, óleo, manteiga, entre outros.

As amêndoas podem ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares , reduzir o risco de de certos tipos de câncer o consumo de aumenta os níveis de vitamina E  no plasma e nos glóbulos vermelhos e também reduz os níveis de colesterol.

Maçã

As maçãs às vezes são chamadas de “potencias nutricionais” devido ao seu impressionante perfil nutricional.

As maçãs contêm cerca de 14% das necessidades diárias de vitamina C (um poderoso é um poderoso antioxidante natural), é rica em vitaminas do complexo B, fibra dietética, fito nutrientes (que ajudam a proteger o corpo dos efeitos prejudiciais dos radicais livres) também possui grande quantidade de cálcio e potássio.

Estudos revelaram que comer maçãs pode ajudar a prevenir demências e reduzir o  risco de AVC e diabetes.

Rúcula

Junto com outros vegetais folhosos, a rúcula contém níveis muito elevados de nitrato (mais de 250 miligramas por 100 gramas de rúcula). As altas ingestões de nitrato alimentar demonstraram efeitos que podem diminuir a pressão arterial, reduzir a quantidade de oxigênio necessária durante o exercício e melhorar o desempenho atlético.

Os potenciais benefícios para a saúde da rúcula incluem reduzir o risco de câncer, prevenir a osteoporose e melhorar a oxigenação muscular durante o exercício.

Aspargos

Os espargos são ricos em fibras alimentares e contém altos níveis de vitamina B6, cálcio, zinco e magnésio.

Os benefícios para a saúde na ingestão deste alimento incluem: reduzir o risco de diabetes, prevenir cálculos renais e prevenir má formações no tubo neural em bebês em formação.

Os espargos também são um diurético natural, que pode ajudar com o equilíbrio dos fluidos no corpo e controlar a pressão arterial e a ocorrência de edemas.

Bananas

Bananas são alimentos isentos de gordura, colesterol e sódio, são ricas em potássio.

Os benefícios para a saúde das bananas incluem: diminuir a pressão arterial, reduzir o risco de leucemia na infância e manutenção da  saúde cardíaca

Manjericão

A manjericão é rico em vitamina A, vitamina K, vitamina C, magnésio, ferro, potássio e cálcio.

Seu consumo pode  reduzir inflação e inchaço ação antioxidante,  pode ser útil no tratamento de artrite e doenças inflamatórias intestinais.

Beterraba

A beterraba, atualmente é considerada um super alimento pois  estudos recentes alegam que a beterraba e o suco de beterraba podem melhorar o desempenho atlético, diminuir a pressão arterial e aumentar o fluxo sanguíneo.

Isto é em parte devido ao seu alto teor de nitratos, que aumentam a concentração de óxido nítrico   no corpo e desempenham um papel importante na manutenção da saúde cardíaca e vascular.

A beterraba é uma fonte rica em folato e manganês, e também contém tiamina, riboflavina, vitamina B-6, ácido pantotênico, colina, betaína, magnésio, fósforo, potássio, zinco, cobre e selênio.

Brócolis

Este alimento contém altos níveis de fibra (solúvel e insolúvel) além de  uma rica fonte de vitamina C.

Possui alta quantidade de vitamina A, ferro, vitamina K, vitaminas do complexo B, zinco, fósforo e fito nutrientes.

Estudos descobriram que o brócolis pode ajudar na prevenção de osteoartrite , proteger a  pele contra os efeitos dos raios UV , reduz o risco de câncer de bexiga.

As cenouras são uma ótima fonte de vitamina A. Eles fornecem 210% das necessidades médias de um adulto para o dia.

Cenoura

Os benefícios associados ao consumo de cenoura incluem, diminuir o risco de desenvolver câncer de pulmão, auxiliar na recuperação de distúrbios de visão. As cenouras contêm vitamina A vitamina imprescindível na manutenção da saúde ocular.

Grão de Bico

Originalmente cultivadas no Mediterrâneo e no Oriente Médio, os grãos-de-bico, também conhecidos como grãos de garbanzos, tem uma grande influência culinária em todo o mundo. Os benefícios para a saúde do grão-de-bico incluem melhora nos níveis de glicose, lipídios em diabéticos, mantem a força óssea e a saúde cardiovascular.

Canela

Estudos descobriram que a canela tem efeito no sistema imunológico, melhorar os níveis de glicose e lipídios em portadores de diabetes do tipo II , ajudar na prevenção de doença de Alzheimer devido ao seu potencial anti-inflamatório de acordo com alguns estudos.

Além disso, pesquisadores descobriram que o consumo de canela pode ajudar a reduzir as respostas negativas do corpo no consumo de refeições com alto teor de gordura.

Café

O café  é uma das principais fontes de substâncias antioxidantes na população americana.

Os benefícios para a saúde ao consumir café com moderação incluem minimizam o risco de diabetes tipo II, da doença de Parkinson, redução do risco de câncer no fígado, prevenção de doenças hepáticas, e manutenção da saúde do coração

Berinjela

Os benefícios da berinjela incluem manutenção da  saúde do coração, do peso, diminuir os níveis de colesterol no sangue além de ter propriedades  anticancerígenas.

Linhaça

A linhaça é “uma excelente fonte de ácidos graxos que essenciais para a saúde humana – ácido linoléico e ácido alfa-linolênico”, além de uma excelente fonte de fibras, minerais e vitaminas.

Os benefícios para a saúde associados à linhaça incluem: redução do colesterol proteção contra o risco de câncer, e melhorar os níveis de açúcar no sangue.

Alho

O alho é amplamente utilizado para várias condições associadas ao sistema sanguíneo e ao coração.

Estudos descobriram que o alho tem um efeito antibiótico natural, ajuda a proteger o coração durante a cirurgia cardíaca e depois e após o ataque cardíaco, reduz o risco de desenvolver o câncer de pulmão e  diminuir  os níveis de colesterol e pressão arterial.

Gengibre

Os compostos fenólicos no gengibre são conhecidos por ajudar a aliviar a irritação gastrointestinal (GI), estimular a produção de saliva e bile e suprimir as contrações gástricas à medida que os alimentos e os fluidos se movem através do trato GI.

Mastigar gengibre cru ou beber chá de gengibre é um remédio caseiro comum para a náusea durante o  tratamento de câncer.

Tomar gengibre em casos de enjoo reduz a sensação de  náuseas, mas não parece impedir o vômito.

O gengibre é seguro para usar durante a gravidez, para aliviar a náusea. Está disponível na forma de pastilhas de gengibre ou doces. Durante o tempo frio, beber chá de gengibre é uma boa maneira de se aquecer. É diaforético, o que significa que promove a transpiração.

Estudos sugerem que consumir gengibre reduz em 25% a dor muscular causada pelo exercício intenso.  O gengibre tem sido usado por séculos para reduzir a inflamação e tratar condições inflamatórias.

Espero que tenham gostado deste post e até próxima.

Fonte:

MORAES, Fernanda P.; COLLA, Luciane M. Alimentos funcionais e nutracêuticos: definições, legislação e benefícios à saúde. Revista eletrônica de farmácia, v. 3, n. 2, p. 109-122, 2006.

PACHECO, MTB; SGARBIERI, V. C. Revisão: alimentos funcionais fisiológicos. brazilian Journal of food technology, v. 2, n. 2, p. 7-19, 1999.

DE CARVALHO, Patrícia GB et al. Hortaliças como alimentos funcionais. Embrapa Hortaliças-Artigo em periódico indexado (ALICE), 2006.

FAZZIO, Débora Mesquita Guimarães. ENVELHECIMENTO E QUALIDADE DE VIDA–UMA ABORDAGEM NUTRICIONAL E ALIMENTAR. Revista de divulgação científica Sena Aires, v. 1, n. 1, p. 76-88, 2012.

WORLD HEALTH ORGANIZATION et al. Envelhecimento ativo: uma política de saúde. 2005.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *