Tremores nas mãos podem ocorrer sem uma causa ou como um sintoma de uma condição subjacente. Mãos trêmulas podem ter um impacto negativo nas atividades diárias.

A maioria das pessoas tem um leve tremor nas mãos, e pode ser especialmente perceptível ao segurar as mãos na frente do corpo.

Os tremores variam em gravidade e várias situações podem desencadear  tremores mais perceptíveis e movimentos musculares descontrolados são os responsáveis por sua ocorrência.

O tremor é um distúrbio do movimento comum. Uma contração muscular involuntária e rítmica causa o tremor. Os tremores são mais comuns nas mãos, mas também podem ocorrer nos braços, cabeça, cordas vocais, tronco e pernas.

Os tremores podem ser intermitentes, acontecendo de vez em quando ou constantemente. Às vezes, os tremores se desenvolvem por conta própria e outras vezes sinalizam um problema de saúde subjacente.

Mãos trêmulas podem causar dificuldade para escrever e desenhar. Uma pessoa também pode ter dificuldade em segurar e usar ferramentas e utensílios, como talheres.

Existem mais de 20 tipos de tremor, mas a maioria estão inseridos em duas categorias:

Tremores em repouso: ocorrem quando os músculos estão relaxados, como quando as mãos estão pousadas no colo.

Tremores de ação: a maioria dos tremores são tremores de ação. Eles acontecem quando os músculos são contraídos por causa do movimento voluntário.

Quais são as causas das mãos trêmulas?

Agravos que afetam o cérebro são geralmente responsáveis ​​por tremores.

Em alguns casos, a causa é desconhecida, mas os tremores geralmente resultam de condições neurológicas, distúrbios de movimento ou outros problemas de saúde.

Condições neurológicas

Algumas condições neurológicas que podem causar mãos trêmulas incluem:

Esclerose múltipla (EM): pessoas com EM experimentam algum grau de tremor. Isso geralmente se desenvolve quando a doença danifica áreas nas vias do sistema nervoso central que controlam o movimento.

Acidente vascular encefálico ou derrame: Um acidente vascular encefálico isquêmico ocorre quando um coágulo de sangue bloqueia uma artéria, impedindo que o sangue atinja o cérebro. Isso pode causar danos permanentes nas vias neurológicas e levar a tremores.

Lesão cerebral traumática: Lesões físicas no cérebro também podem danificar os nervos que desempenham um papel na coordenação do movimento. Os tremores nas mãos podem ocorrer quando uma lesão afeta nervos relacionados aos movimentos.

Doença de Parkinson: Pessoas com doença de Parkinson em sua maioria apresentam tremores de ação relacionados, bem como tremor de repouso mais comum em uma ou ambas as mãos. Os tremores geralmente começam em um lado do corpo e podem se espalhar para o outro lado. Essa agitação pode se tornar mais pronunciada durante os períodos de estresse ou forte emoção.

Tipos de distúrbios do movimento

Distúrbios do movimento podem ser causados ​​por ansiedade e depressão.

Tremor essencial: Este é um dos distúrbios mais comuns do movimento, e a causa é desconhecida. O tremor geralmente afeta ambos os lados do corpo, mas pode ser mais perceptível na mão dominante. Tende a ocorrer quando a pessoa está se movendo e quando está parada. A genética pode ser responsável por cerca de metade dos casos de tremor essencial.

Tremor distônico: Em uma pessoa com distonia, o cérebro envia mensagens incorretas, resultando em músculos superativos, posturas anormais e movimentos indesejados sustentados. Os adultos jovens e aqueles na meia-idade são mais propensos a desenvolver tremores distônicos, que podem ocorrer em qualquer músculo.

Outras causas que podem causar mãos trêmulas

Condições psiquiátricas, como depressão ou transtorno de estresse pós-traumático

Doenças degenerativas hereditárias, como ataxia hereditária ou síndrome do X frágil

– Abuso ou abstinência alcoólica.

– Envenenamento por mercúrio

– Hipertireoidismo, ou uma tireóide hiperativa

– Insuficiência hepática ou renal

– Ansiedade e pânico

Medicamentos também podem causar tremores nas mãos.

– Medicamentos para asma;

– Anfetaminas

– Cafeína

– Corticosteróides

– Medicamentos utilizados para tratar certos distúrbios psiquiátricos e neurológicos.

Como gerenciar tremores nas mãos

Se uma condição subjacente, como hipertireoidismo, é responsável pelo tremor, geralmente melhora quando o portador recebe tratamento. Se um tremor é um efeito colateral, geralmente desaparece quando ocorre a troca de medicamento.

– Mudanças de estilo de vida

– Limitar ou evitar substâncias que podem causar tremores, como cafeína e anfetaminas, pode reduzir ou eliminar a agitação de uma pessoa.

A fisioterapia pode melhorar o controle muscular, o funcionamento e a força, ao mesmo tempo em que melhora a coordenação e o equilíbrio. Um terapeuta ocupacional pode ajudar as pessoas que vivem com tremores a continuarem se dedicando às atividades diárias.

Se a ansiedade ou o pânico forem responsáveis por um tremor, pode haver beneficio na  prática de técnicas de relaxamento, como exercícios respiratórios.

Opções de tratamento

Tratamento para tremor essencial

Para tremor essencial, o médico pode prescrever betabloqueadores, como propranolol, metoprolol ou nadolol, e medicamentos  anti convulsivantes, como a primidona.

Tratamentos da doença de Parkinson

Neste caso medicamentos específicos são indicados, como levodopa e carbidopa, para administrar casos avançados.

Tremores sem causa óbvia

Se os médicos não puderem determinar a causa dos tremores, eles podem prescrever tranquilizantes. Alguns podem prescrever injeções de toxina botulínica, ou Botox, embora estes possam levar a fraqueza nos dedos.

Tratamentos alternativos

Se uma pessoa não responde à medicação ou tem um tremor grave que afeta significativamente sua vida, um médico pode recomendar intervenções como a estimulação cerebral profunda (ECP).

A estimulação cerebral profunda é a inserção de um pequeno gerador sob a pele na parte superior do tórax. Ele envia sinais elétricos para os eletrodos implantados no tálamo, que é a parte do cérebro que coordena e controla alguns movimentos involuntários.

Os médicos usam o ECP para tratar tremores associados à doença de Parkinson, tremor essencial ou distonia.

O  envelhecimento,  tem uma forte relação com a ocorrência de tremores nas mãos. Certos medicamentos, substâncias como cafeína e ansiedade também podem causar tremores.

Créditos imagem:

<a href=”https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/pessoas”>Pessoas fotografia desenhado por Freepik</a>

 

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *