Olá pessoal, tudo bem?

O nosso post irá falar sobre um tema que, nessa época do ano, gera uma certa preocupação, principalmente, em tempos de crise econômica: o que fazer com a comida que sobrou da ceia de NATAL.

Bem …… após toda a orgia gastronômica da ceia de Natal, percebemos que, como a maioria dos anos anteriores, sobrou uma grande quantidade de comida.

Ótimo: vamos aproveitar para comer no almoço do dia 25 de Dezembro!!!! Mas, ainda, sobrou comida: “Vou ter comer peru até o dia 31 de Dezembro?” ou “Vou ter que jogar toda essa comida fora?”

Os índices de desperdício de alimentos, em nosso país, são muito altos. Então, por mais que você pense que é melhor sobrar do que faltar, vale a pena pesar no que, realmente, é necessário preparar para sua ceia de Natal e o que pode ser exagero. Para tirar essas dúvidas sobre quantidade de comida para a ceia leia o post Como calcular a quantidade de comida da ceia de Natal.

ALGUMAS DICAS PARA EVITAR O DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS

Guarde cada preparação em recipientes limpos, fechados e com a identificação do conteúdo do recipiente (exemplo: creme de milho, farofa, tender com frutas em calda) na geladeira. Segundo as legislações que regulamentam as normas de higiene dos alimentos, um alimento pronto deve ser consumido, se armazenado em geladeira, em até 72 horas.

Ao reaquecer o alimentos, nada de dar uma simples esquentadinha na hora de servir os pratos quentes. De acordo com as legislações que regulamentam as normas de higiene dos alimentos, estes devem ser aquecidos em uma temperatura acima de 70°C, ou seja, em bom português, o alimento tem que estar pelando!!!! Assim é possível preserva-lo por mais tempo livre de microrganismos (micróbios) que podem estraga-lo.

Congele. Algumas preparações, como as carnes em fatias, por exemplo, podem ser congeladas, sendo, posteriormente, utilizadas em novas receitas. O ideal é congelar porções, ou seja, utilizar vários recipientes pequenos de uma mesma comida, pois assim se consegue consumir mais rapidamente, e evita ter que descongelar uma enorme quantidade de uma só vez, o que favorece a deterioração, e pode causar doenças relacionadas com o consumo de alimentos.

Seja criativo e Reaproveite. Caso sobre comida, e isso, geralmente, ocorre, use sua imaginação e faça novos preparos com o que sobrou.

Os pratos frios contendo molhos, geralmente à base de maionese, como salpicão e salada de batata, permanecem apetitosos se, no dia seguinte, substituir o molho de maionese por iogurte natural. Ou, ainda, server esses pratos com molho a parte.

No caso das saladas de folhas, sirva os molhos a parte. Assim, o que sobrar das folhas permanecerá fresco e pode ser consumido no dia seguinte sem problemas.

Para reaquecer as carnes da ceia de Natal, regue-as com um pouco de caldo e cubra com papel alumínio e leve-as ao forno, em temperatura média (180°C), para manter a suculência.

Se, na ceia de Natal, você serviu pães e, no dia seguinte, eles estão duros, faça torradas utilizando manteiga ou azeite de oliva e sal temperado.

Fez purê de batatas e não sabe o que fazer com o que sobrou? …….. Faça bolinhos. A batata é a base de muitas massas de bolinhos como, por exemplo, o de bacalhau e de croquetes. Quanto ao recheio? …….. Utilize o que sobrou da ceia. Não quer frituras, tudo bem, transforme o purê em um delicioso caldo verde. É leve e saudável, além de recuperar da orgia gastronômica da noite anterior!!!

Sobrou frutas e estão maduras. Faça uma bela salada de frutas. Assim como a sopa é leve e saudável.

São frutas vermelhas, por exemplo, morango, cereja, framboesa, etc., faça uma geleia ou calda para acompanhar as sobremesas da ceia de Ano Novo ou congele a geleia ou calda para serem consumidas posteriormente.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *