A pele tem duas camadas principais,  a epiderme (camada externa) e a derme.

O estrato córneo proporciona uma barreira para a pele. Na pele normal ele é resistente, protegendo a mesma da penetração de irritantes e alérgenos além de impedir a perda de água do corpo.

O pH natural da pele é ligeiramente ácido – entre 4 e 5,5 – proporcionando proteção contra infecções. Qualquer  dano à barreira da pele permite a perda de água e a entrada de agentes irritantes e alérgenos, levando à inflamação.

Funções da pele:

– Promover uma barreira eficaz entre o ambiente e os órgãos internos;

– Regulação da temperatura;

– Função Sensorial

– Síntese de vitamina D.

A pele forma uma barreira protetora natural,  mas à medida que envelhecemos torna-se menos eficaz, ficando mais propensa a tornar-se seca e mai sensível quando exposta a substâncias irritantes, como sabonetes, esfoliantes, gel de banho e pós banho.

Entretanto, alguns cuidados listados abaixo, poderão manter sua pele saudável por mais tempo.

A pele saudável pode ser comparada a uma estrutura semelhante a uma  parede de tijolos, as células da pele são os tijolos que mantidos juntos por uma mistura complexa de ácidos graxos.

Quando não há ácidos graxos suficientes a estrutura desta “parede de tijolos” torna-se instável.

A água é perdida da superfície da pele a medida que envelhecemos. Neste sentido, tornando-a seca, substâncias irritantes podem penetrar através da pele mais facilmente.

Dicas de como manter a pele saudável na maturidade

– Em primeiro lugar, evitar substâncias que irritam a pele, elas  podem destruir os ácidos graxos naturais e levar a coceira e secura. A pele também pode ficar dolorida.

– Os sabonetes são os principais agentes irritantes.  Sabonetes perfumados e sais de banho podem  causar secura da pele e devem ser  evitados por  pessoa mais velhas.

– Use a abuse do protetor solar, ele protege sua pele de queimaduras e lesões causadas pelo sol.

– Evite banhos muito quentes, isso pode destruir a oleosidade natural da pele. Sempre que possível opte por banhos mornos.

– Alguns cremes emolientes podem substituir os sabonetes tradicionais, ou opte por sabonetes que contenham hidratantes em sua fórmula.

– Os detergentes para roupa(sabão em pó)  e amaciantes de  tecido também podem irritar a pele, sempre que for lavar roupa e utilizar estes produtos opte por colocar luvas.

– Use sempre um hidratante para seu tipo de pele, os formulados com uréia, tem um maior poder de hidratação, mas a melhor forma de escolher um hidratante para seu tipo de pele, é através de uma visita ao dermatologista. Ele é o profissional indicado para lhe orientar caso sua pele esteja muito seca.

– Caso você esteja com coceira(prurido) na pele, isso pode ser  um sintoma de uma doença preocupante ,  como uma micose, ou infeção e como a pele fica mais fina a medida que envelhecemos – evite coçar até se ferir, utilize um hidratante ou um óleo essencial, sempre com o acompanhamento de um dermatologista.

– Caso observe a presença de feridas na pele o cuidado  é particularmente importante. Os  dedos dos pés e as dobras cutâneas são vulneráveis infecções fúngicas, o ambiente úmido, quente e escuro dos pés devidos ao uso de sapatos torna esses locais ideais para proliferação de fungos. Assim, uma cuidadosa limpeza e secagem dessas áreas é vital.

– Enquanto uma infecção fúngica é mais de um incômodo do que qualquer coisa, o fato de que eles causam rachaduras na pele se torna uma porta aberta para outras infecções mais perigosas.

Mas a dica mais importante é: Cuide de sua pele desde sempre, isso irá garantir que tenha uma pele saudável e linda na maturidade.

Espero que tenham gostado deste post e até a próxima.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *