As pessoas idosas e cuidadores podem fazer muitas coisas para maximizar os benefícios e reduzir os riscos no uso de medicamentos.

Qualquer dúvida ou problemas com medicamentos devem ser discutido com um médico ou farmacêutico.

Tomar medicamentos conforme as instruções e se comunicar com os prestadores de cuidados de saúde é essencial para evitar problemas e promover a boa saúde.

É de suma importância que você conheça sua doença e as drogas utilizadas no seu tratamento.

Mantenha uma lista de todas as drogas que estão sendo tomadas, incluindo um rol de medicamentos e suplementos, como vitaminas, minerais e ervas medicinais que você utiliza eventualmente.

Procure conhecer a indicação de cada droga e seus efeitos colaterais.

Pergunte ao médico, enfermeira ou farmacêutico como tomar cada droga, incluindo o que hora do dia devem ser tomadas, se ele pode ser tomado com alimentos ou tomados ao mesmo tempo que outros medicamentos, e quando parar de tomar a droga.

Saiba o que fazer se a dose for omitida.

Anote informações sobre como tomar o medicamento ou pergunte ao médico, enfermeiro ou farmacêutico para escrevê-lo para você (porque essas informações podem ser facilmente esquecidas).

Como usar os medicamentos corretamente:

– Tomar medicamentos conforme as instruções.

– Utilize ferramentas que podem auxiliar sua memória, como um organizador de medicação, um celular com alarme controlando o horário das medicações, um mural de avisos que pode ser colocado na porta de geladeira.

– Antes de parar uma droga, consulte o médico sobre qualquer problema sejam efeitos secundários, se o fármaco não parece funcionar, ou se a compra do medicamento é onerosa.

– Elimine qualquer medicamento não utilizado de uma prescrição anterior, a menos que seja instruído a não fazê-lo por um médico, enfermeiro ou farmacêutico.

– Não tome medicamento de outra pessoa, mesmo se o problema dessa pessoa parece similar.

– Verifique a data de validade em drogas, e não use o remédio se expirou a validade.

– Traga todos os medicamentos que vem sendo tomados para consultas médicas, ou se for solicitado.

– Periodicamente discutir a lista de drogas que estão sendo tomadas e a lista de transtornos com o médico, enfermeiro ou farmacêutico para garantir que os medicamentos estão corretos e seu uso deve ser continuado.

– Reveja a lista de medicamentos com o médico, enfermeiro ou farmacêutico toda vez que qualquer medicamento for alterado (médicos e farmacêuticos podem verificar se há interações entre as drogas).

– Informar o médico ou farmacêuticos quaisquer sintomas que podem estar relacionados com o uso de uma droga (como sintomas novos ou inesperados).

– Se a relação de drogas for complexa demais para acompanhar, peça ao médico se é possível simplificar.

– Se consultar-se em mais de um médico, certifique-se se cada médico conhece todas as drogas que estão sendo tomadas.

– Peça ao farmacêutico para escrever as instruções sobre o uso dos medicamentos em letras grandes, e verifique se você consegue ler.

– Pedir ao farmacêutico para embalar o medicamento em recipientes que são fáceis de segurar e de abrir.

Espero que tenham gostado.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *