O processo inflamatório é considerado uma reação do organismo no combate a um processo patológico. Na maioria dos casos, a inflamação é uma parte necessária do processo de cicatrização e recuperação do corpo a uma doença.

No entanto, algumas condições causam respostas inflamatórias falhas e podem causar doenças inflamatórias crônicas.

Uma forma de tentar minimizar os danos de um processo inflamatório é o consumo de uma dieta anti-inflamatória que consiste em   na ingestão de determinados alimentos e evitar outros, a fim de minimizar os sintomas de doenças inflamatórias crônicas.

Uma dieta anti-inflamatória é composta por alimentos que reduzem as respostas inflamatórias, envolve a substituição de alimentos açucarados e refinados por alimentos integrais e ricos em nutrientes.

A dieta anti-inflamatória também contém grandes quantidades de antioxidantes,  que são moléculas reativas presentes nos alimentos que reduzem o número de radicais livres.

Os radicais livres são moléculas presentes no corpo que podem danificar as células e aumentar o risco de certas doenças.

A dieta anti-inflamatória pode ser útil no tratamento de diversas doenças, entre elas: artrite reumatoide, psoríase, asma, esofagite eosinófila, doença de Crohn, colite, doença inflamatória intestinal, diabetes, síndrome metabólica, lúpus, doença de Hashimoto, entre outras.

Os alimentos que compõe a dieta anti-inflamatória incluem:

  • Folhas verde escuras, como a couve e o espinafre
  • Frutas como mirtilo, amoras, cerejas, abacate, coco e uvas vermelhas escuras
  • Vegetais como brócolis e couve-flor
  • Feijões e lentilhas
  • Azeitonas
  • Azeite extra virgem
  • Nozes, pistaches, pinhões e amêndoas
  • Peixes de água fria, incluindo salmão e sardinha
  • Açafrão e canela
  • Chocolate escuro
  • Especiarias e ervas
Alimentos a evitar em casos de inflamação
  • Carnes processadas
  • Bebidas açucaradas
  • Gorduras trans, encontradas em frituRAS
  • Pão branco
  • Macarrão branco
  • Glúten
  • Óleo de soja e óleo vegetal
  • Salgadinhos processados e biscoitos
  • sobremesas, como, doces e sorvetes
  • Álcool em excesso
  • Carboidratos

Há evidencias  que sugerem que uma dieta rica em carboidratos, mesmo quando os carboidratos são saudáveis, pode promover inflamação, sendo assim deve-se optar por reduzir a ingestão de carboidratos.

O consumo de alimentos anti-inflamatórios é uma forma de ajudar o nosso organismo, no combate a infecção restabelecendo o equilíbrio das funções corporais sem o auxílio de medicamentos.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *