O colesterol é uma substância semelhante à gordura presente nas células de todo o corpo. O colesterol é produzido principalmente  pelo fígado tanto quanto necessário e é  transportado pela corrente sanguínea. O fígado sintetiza aproximadamente de 20 a 25% de colesterol, diariamente.

Níveis adequados de colesterol ajuda o corpo a produzir e manter equilibrados os níveis de vitamina D e hormônios, além de ajudar na digestão.

O colesterol é  encontrado em alimentos, como carnes, aves e laticínios integrais. Pessoas que comem produtos de origem animal podem ter mais colesterol. Isso acontece porque quando uma dieta é rica em gordura e gorduras trans, o fígado aumenta os níveis de colesterol.

Os níveis alterados de colesterol no corpo afetam demasiadamente a saúde do coração.

O colestrol é uma substância muito importante para o nosso organismo, pois auxilia na síntese e manutenção das membranas celulares, na síntese de vitamina D e hormônios esteroidais (, progesterona e testosterona), auxilia a fabricação de bile e  no metabolismo de vitaminas lipossolúveis como as vitaminas A, B e K,  tem um papel de destaque na promoção da saúde intestinal.

Existem três tipos diferentes de colesterol que podem ser encontrados no corpo. O colesterol é transportado em células chamadas lipoproteínas, formadas por  gorduras e proteínas.

O tipos de colesterol  encontrados em nosso organismo são:

– Lipoproteínas de baixa densidade (LDL)

– Lipoproteínas de alta densidade (HDL)

– Lipoproteínas de densidade muito baixa (VLDL).

Todos os três tipos de colesterol contêm triglicérides, embora o VLDL seja  que contém mais triglicérides.

Tipos de colesterol

Colesterol LDL

O LDL é considerado colesterol “ruim” porque pode se acumular nas paredes das artérias, causando doenças cardíacas e outros problemas sérios. Esses bloqueios de colesterol também podem se soltar das paredes das artérias e formar coágulos sanguíneos.

O nível ideal de colesterol LDL é inferior a 100 miligramas por decilitro de sangue (mg / dL). Entre 100-129 mg / dL é considerado normal , limítrofe alto é 130-159 mg / dL, alto é 160-189 mg / dL e 190 mg / dL muito alto.

Colesterol HDL

O HDL é considerado “bom” colesterol e ajuda a remover o colesterol ruim da corrente sanguínea, o que ajuda a prevenir  doenças cardíacas.

O nível ideal de colesterol HDL é de 60 mg / dL ou mais. Menos de 40 mg / dL é muito baixo.

Colesterol VLDL

VLDL representa as gorduras que são transportadas no sangue a partir de alimentos que ingerimos e o excesso de calorias que são convertidos em triglicerídeos. Como o LDL, o VLDL está associado ao acúmulo de placas nas artérias e aumenta o risco de doença arterial coronariana, ataque cardíaco e derrame (AVE).

O nível ideal de VLDL é inferior a 30 mg / dL.

Níveis

Os níveis de colesterol total recomendados são os seguintes:

Ótimo: Menos que 200 mg / dL (11,1 mmol / L)

Alto limítrofe: 200-239 mg / dL (11,1 mmol / L a 13,3 mmol / L)

Alto: 240 mg / dL (13,3 mmol / L) ou mais

 

Fatores que afetam os níveis de colesterol incluem:

Dieta: Alimentos que são ricos em gordura saturada, gordura trans e carboidratos são reconhecidos por aumentar os níveis de colesterol. Limitar esses tipos de alimentos ajudará a regular e diminuir o colesterol no sangue.

Peso: Existem muitos riscos associados ao excesso de peso ou obesidade, como triglicerídes aumentados. Gerenciando um peso saudável ajuda a todos os fatores de saúde, incluindo doenças cardíacas.

Exercício: Ser ativo por pelo menos 30 minutos por dia aumenta a frequência cardíaca de uma pessoa, ajuda a manter o peso e reduz os níveis de colesterol LDL, enquanto aumenta os níveis de colesterol HDL.

Ao testar os níveis de colesterol em um exame de sangue padrão, uma amostra de sangue será necessário  em jejum.

As mulheres tendem a ter níveis mais elevados de colesterol HDL do que os homens. Isto se deve  ao hormônio sexual feminino estrogênio, que aumenta esses níveis. Os níveis de estrogênio são mais altos quando as mulheres estão em idade fértil. Após a menopausa, os níveis de estrogênio caem, o que significa que os níveis de HDL também tendem a diminuir.

Embora a doença cardiovascular seja considerada uma doença que afeta principalmente homens maduros, ela continua sendo a principal causa de morte em mulheres em todo o mundo.

Hereditariedade: Infelizmente, o colesterol alto, imutável, pode ser por herança genética.

Créditos imagem:

<a href=”https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/alimento”>Alimento fotografia desenhado por Rawpixel.com – Freepik.com</a>

 

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *