A glucosamina é extraída de um material (quitina) presente nas conchas de caranguejos, ostras e camarão.

A glucosamina é utilizada na forma de comprimido ou cápsula, geralmente como sulfato de glucosamina, mas às vezes como cloridrato de glucosamina.

Ela é, frequentemente, consumida com sulfato de condroitina.

Utilizações

As pessoas utilizam glucosamina, principalmente, para tratar osteoartrite do joelho.

Seu papel no tratamento da artrose em outros locais é menos bem definido.

A evidência é conflitante. Algumas evidências sugerem que tem efeitos analgésicos e modificadores de doenças, enquanto que outros estudos amplos e bem desenhados mostram que não é benéfico.

Um estudo muito grande mostrou que o cloridrato de glucosamina é benéfico somente quando combinado com sulfato de condroitina.

Possíveis efeitos colaterais e interações com drogas

A glucosamina é segura para a maioria das pessoas.

Os efeitos colaterais comuns são coceira e problemas digestivos leves, como azia, diarréia, vômitos e náuseas.

As pessoas que têm uma alergia a mariscos e que consomem glucosamina extraída de marisco podem ter uma reação alérgica.

A glucosamina pode aumentar o nível de açúcar no sangue em pessoas diabéticas.

Os relatórios dizem que a glucosamina aumenta os efeitos da varfarina (uma droga que evita coágulos de sangue) e, assim, aumenta o risco de sangramento.

Também pode reduzir a eficácia de medicamentos como o acetaminofeno (paracetamol) e alguns medicamentos que tratam câncer e diabetes.


Leia também:

– Suplementos dietéticos: Riscos, beneficios e interações com medicamentos

– Sulfato de condroitina: Para que serve?

– Medicamentos para diabetes

– Efeitos colaterais a longo prazo produzidos pelo tratamento para o câncer

– Cancer de mama: prevenção e tratamento

– Antiinflamatórios não esteróides (AINEs)


Créditos imagem:

<a href=”http://www.freepik.com/free-photos-vectors/food”>Food image created by Jannoon028 – Freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *