O assunto deste post é sobre hipotermia, ou seja, diminuição da produção de calor pelo corpo, que pode levar à morte se não for tratada à tempo.

Normalmente o corpo mantém uma temperatura relativamente estável em que a produção de calor é equilibrada e mantemos uma temperatura média de 36,4 º Celsius que é regulada pelo sistema hipotalâmico.

No entanto a medida que envelhecemos, pode ocorrer uma disfunção neste centro regulador (hipotálamo) e quando o ambiente externo fica muito frio ou diminui a produção de calor do corpo, alguns idosos podem apresentar hipotermia. (hipo = menos + Thermia = temperatura). Considera-se hipotermia a temperatura corporal abaixo de 35º Celsius.

Informações importantes sobre hipotermia:

  • Se não for tratada, a hipotermia pode levar à falência de órgãos e morte.
  • O General Anibal perdeu metade do seu exército, em Cartagena devido a hipotermia em 218 antes de Cristo.
  • Os primeiros sintomas de hipotermia incluem pupilas dilatadas e sonolência.
  • Entre 20% e 50% das mortes devido à hipotermia se dão devido ao uso de poucas roupas.
  • As pessoas mais idosas apresentam maior risco de hipotermia.
  • A hipotermia pode ser identificada medindo a temperatura do paciente.
  • Dependendo da gravidade, o tratamento pode ser feito aquecendo o corpo do paciente, com cobertas e roupas quentes e até a utilização de bolsas de água aquecidas.

Mas quando ocorre a hipotermia?

A hipotermia ocorre quando o corpo não pode manter uma temperatura em equilíbrio. A temperatura é controlada pelo hipotálamo, que é uma região do sistema nervoso central responsável pelo reconhecimento das alterações na temperatura do corpo e do fornecimento da resposta adequada.

O corpo produz calor através dos processos metabólicos que ocorrem nas células que exercem funções vitais do corpo. A maior parte do calor é perdida na superfície da pele, por convecção (perda de calor para o meio ambiente), condução, radiação e evaporação.

Se o ambiente fica mais frio, o corpo para gerar mais calor pode apresentar tremores (atividade muscular crescente que promove a formação de calor), promovea vasoconstricção (fechamento dos vasos que irrigam a pele). Mas, se a perda de calor for maior do que a capacidade do corpo de produzir calor, a temperatura do corpo vai cair.

À medida que a temperatura cai, o corpo desvia o sangue para nutrir os órgãos vitais. O fluxo sanguíneo é aumentado para os órgãos vitais do corpo, incluindo o coração, pulmões, rins e cérebro. O coração e o cérebro são mais sensíveis ao frio, e a atividade elétrica nesses órgãos diminui em resposta ao frio. Se a temperatura do corpo continua a diminuir, os órgãos vitais começam a falhar, e eventualmente a morte ocorrerá.

Os sintomas apresentados em caso de hipotermia incluem: tremores, resfriamento de mãos e pés, cansaço, dificuldade em respirar, pulso fraco e lento, sensação de dormência em pés e mãos e incontinência urinária. Em casos mais graves o indivíduo pode apresentar perda de coordenação motora, desmaios, ausência de pulso e pupilas dilatadas.

Ao desenvolverem hipotermia, as pessoas perdem suas habilidades de pensar e de se movimentar, muitas vezes nem percebem que precisam de tratamento de emergência.

O corpo começa a esfriar a medida que a temperatura cai. Além da sensação de frio e do tremor a função mental pode ser afetada no início dos sintomas. Um perigo particular de hipotermia é que ele se desenvolve gradualmente e uma vez que afeta o pensamento e raciocínio, pode passar desapercebida.

O portador de hipotermia evolui com náuseas que irão dar lugar à apatia com quedas de temperatura corporal, seguida por confusão, letargia, fala arrastada, perda de consciência e coma.

Muitas vezes a pessoa afetada vai se deitar, dormir, e morrer. Em alguns casos, o paciente vai remover suas roupas pouco antes de isso ocorrer.

A diminuição na função cerebral ocorre em relação direta com a diminuição da temperatura do corpo (quanto mais frio o corpo, menor a função cerebral). A função do cérebro para se a temperatura corporal estiver em 20° Celsius.

O coração apresentará ritmos elétricos anormais conforme a hipotermia progride. A fibrilação ventricular é o próximo sinal (ritmo desorganizado, na qual o coração é incapaz de bombear sangue) e isso pode acontecer em temperaturas inferiores a 28°C, podendo evoluir para parada cardíaca.

No entanto, a melhor forma de combater a hipertermia é através da prevenção, que inclui:

  •  Proteger-se com roupas quentes em ambientes frios;
  •  Proteger a cabeça em casos de frio e chuva;
  •  Manter o corpo seco em temperaturas baixas;
  • Cubra bem seu corpo em dias frios, principalmente seus pés;
  •  Caso se molhe em períodos de chuva, seque o corpo assim que possível e coloque roupas quentes.Bem essas dicas e orientações podem lhe ajudar a manter seu corpo quente e protegido neste inverno que vai chegar. Espero que tenham gostado deste post, fiquem em paz.

Comments

  1. Eu acho que ultimamente eu vivo um pouco alterado, devido ao cargo que exerço na empresa como gerente comercial. Na falta de apoio por parte dos donos da empresa, o meu cargo fica ameaçado, a deriva, devido alguns funcionários terem foro privilegiado, que não concordo com certas decisões. É um disse me disse dentro da empresa, com respeito ao telefone celular. E isso tem gerado um conflito muito grande entre nós, que às vezes atendemos clientes no Whats upp, perguntando se tem certos produtos e precisamos responder passando logo os preços. Por outro lado sempre que posso Digito mensagens evangélicas para um grupo de aproximadamente de 260 pessoas e não é fácil ajudar tantas pessoas. A outra coisa é com respeito ao fechamento da empresa, que foi autorizado por umas dessas pessoas com foro privilegiado antes do horário de fechamento da empresa na ausência dos donos e consequentemente muitas e muitas coisas, que se for colocado aqui eu vou passar a noite escrevendo. Eu gostaria de uma sugestão por parte de vocês e não gostaria de perder o meu emprego que eu zelo muito por ele, no qual eu coloquei a disposição dos donos da empresa, que sãos meu genro e minha filha que é Advogada. Para que minha filha se formasse em Direito, fui chamado para substitui-la dentro da empresa como gerente comercial da empresa. Acontece que a empresa tem crescido muito no âmbito comercial com a minha ajuda e experiência e as pessoas não se conformam com isso é inveja, derrubacão, fofocas e consenso não existe mais depois desse disse me disse. Tenho 72 anos muito bem com a saúde, da qual eu preservo muito e com um probleminha de pressão alta, mas controlada com remédios e preciso de trabalhar…Espero uma resposta, sugestão por parte de vocês, para que eu possa controlar essa ansiedade se entrego o meu lugar ou aguardo uma resposta dos donos da empresa…Grato e no aguardo para o bem de todos…

    1. Olá sr José o site é apenas de caráter informativo, nossas decisões precisam ser tomadas de acordo com nosso bem estar. Só podemos lhe adiantar que nunca é tarde para começar de novo e fazer com que as pessoas respeitem nossa opinião.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *