Uma situação ou doença iatrogênica é qualquer condição ou conjunto de sintomas que são efeitos de causa direta das ações de um profissional de saúde, que pode ser ou não intencional.

Embora, este fato não seja necessariamente intencional, ele pode ser o resultado de negligência ou falta de conhecimento sobre as condições subjacentes a um paciente e do tratamento ao qual o paciente é submetido.

Os sintomas e as causas desta situação iatrogênica pode variar amplamente, dependendo do paciente, mas, geralmente, pode ser tratado prontamente, uma vez que tendem a ocorrer quando os pacientes estão sob supervisão de um profissional de saúde.

Reação adversa é uma forma conhecida de doença iatrogênica.

É um termo amplo, que se refere a qualquer ação de um profissional de saúde que se destina especificamente a tratar uma condição ou sintoma num paciente, mas, ao invés disso, acaba causando danos no lugar de curar ou corrigir a situação.

Alguns exemplos comuns de reações adversas podem incluir a rejeição de uma transfusão sanguínea ou de um órgão transplantado onde o paciente pode apresentar sintomas do tipo dificuldade em respirar, inchaço ou febre alta.

As reações adversas, especialmente após um procedimento cirúrgico podem ser perigosas se o paciente não estiver em condições clínicas favoráveis ao procedimento.

Enquanto uma reação adversa é uma causa de doença iatrogênica em que o profissional de saúde geralmente tem a melhor das intenções, seguindo um padrão de tratamento para a condição do paciente, um erro pode levar a ações negligentes e evitáveis ​​que podem trazer ao paciente complicações adicionais.

Exemplos de ações iatrogênicas podem incluir a inserção indevida de equipamentos para medicação intravenosa, onde este equipamento pode tornar infectado, ou quando suprimentos cirúrgicos são deixados no interior do corpo do paciente após a cirurgia.

Infecção que ocorre dentro do ambiente hospitalar, a qual é considerada uma situação iatrogênica, é a infecção hospitalar.

Exemplo deste fato é a infecção nosocomial, quando uma coleção de bactérias se acumula na área de um procedimento cirúrgico.

As pessoas que têm um sistema imunológico comprometido, como os idosos, crianças, ou aqueles com doença autoimune, tendem a ser as maiores vítimas de risco de infecções nosocomiais. Este fato acontece porque seu organismo pode estar debilitado para lutar de forma eficaz contra as bactérias durante a cirurgia.

Uma doença iatrogênica também pode ser causada por erros de medicação ou no uso de medicamentos.

Isso pode incluir a prescrição incorreta de medicamentos que podem interagir negativamente com outros medicamentos ou o uso drogas injetáveis ​​em caso de indivíduos alérgicos.

Em casos mais graves pode ocorrer a administração excessiva ou errada de alguma droga, o que pode causar intoxicação ou interação medicamentosa e a consequente morte do paciente.

Sendo assim, é fundamental que o paciente, o familiar, o cuidador ou o acompanhante do idoso tenham conhecimento dos fatores que podem levar as iatrogenias e, desta forma, auxiliar na prevenção destes agravos e garantir qualidade de vida ao indivíduo na recuperação da doença.

Leia tambem:

– Perigos no uso indiscriminado de medicamentos

– Cuidados no uso de medicamentos na terceira idade

– Farmacologia e envelhecimento

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *