Pessoas que gostam de  gatos como eu, nem fazem ideia  como esses elegantes amigos felinos podem alegrar nossa  vida.

Gatos são adoráveis ​​quando se aconchegam, e é tão reconfortante vê-los se enroscarem em uma bola preguiçosa em nossa cama. Mas será que eles podem fazer bem a nossa saúde?

Se você ainda não ama gatos, quem sabe após ler este post poderá  mudar de ideia, pois  eles trazem inúmeros benefícios de saúde e bem-estar.

Os gatos, são frequentemente saudados como animais de estimação que podem nos  trazer calma. Em alguns países é comum a presença de gatos em lanchonetes e bares,  onde qualquer um pode ir e afagar ou acariciar um gato enquanto toma uma bebida relaxante –  e costumam ser bem populares.

No entanto, além de relatos entusiasmados de donos de gatos sobre todos os benefícios de interagir com felinos, que benefícios de saúde e bem-estar podemos realmente esperar que os gatos tragam?

Quem entre nós não deu muita risada ou ficou encantado com os vídeos de gatos que circulam na internet, sejam bebês ou adultos os felinos são fofos em qualquer idade.

Uma pesquisa demonstrou, que  há uma boa razão para ficarmos viciados em vídeos de gatos -eles podem nos deixar mais felizes e ajudar a manter as emoções negativas sob controle.

Outra  pesquisa conduzida pela instituição de caridade felina Cats Protection no Reino Unido em 2011 descobriu que as pessoas que passam tempo com gatos ou gatinhos relatam sentir-se mais calmas e menos chateadas.

Dos donos de gatos que participaram da pesquisa, 87% acreditavam que o compartilhamento de suas vidas com um gato melhorava seu bem-estar geral, enquanto 76% achavam que seus gatos os ajudavam a lidar melhor com o estresse diário.

“Sentado com um gato ronronando relaxado no final de um dia agitado é uma massagem relaxante para a alma”, explica Beth Skillings, um veterinário clínico da Cats Protection.

“Talvez isso aconteça porque o zumbido reconfortante é geralmente associado à calma e à comunicação gentil, ou talvez porque a frequência da vibração esteja na faixa que pode estimular a cura.”

De fato, embora possamos pensar em muitos gatos como indiferentes e sem a empatia geralmente associada aos cães, os felinos podem sim ser capazes de entender quando seus donos estão se sentindo para baixo e reagir de acordo.

Um  estudo publicado na revista Animal Cognition em 2015. Os autores Moriah Galvan e Jennifer Vonk , descobriram que os gatos domésticos,  podem ler expressões faciais e humanas para distinguir certos sinais emocionais e que podem ter respostas diferentes em cada caso.

Os gatos também podem trazer benefícios físicos para seus donos. Por exemplo, um estudo que a Medical News Today abordou anteriormente descobriu que pessoas que vivem com gatos têm um risco menor de sofrer um ataque cardíaco.

Outro estudo relatou que os gatos podem proteger contra alergias, asma e ataques cardíacos.

Embora isso possa ser simplesmente porque as “os gateiros” são naturalmente mais calmas e mais capazes de lidar com o estresse, é bem possível que ter um amigo felino seja calmante e reconfortante, e isso acaba contribuindo para proteger a saúde do coração.

Outro estudo argumentou que crianças que crescem com animais de estimação peludos, incluindo gatos, são menos propensos a desenvolver alergias e obesidade.

Isso, segundo os pesquisadores, pode ser porque os bebês expostos a esses animais tenham populações mais abundantes de duas bactérias intestinais – Ruminococcus e Oscillospira – que parecem ter efeitos protetores.

A exposição precoce a gatos também está associada a um menor risco de asma em crianças, de acordo com pesquisa publicada no Journal of Allergy e Clinical Immunology no ano passado.

Os autores acreditam que isso se deva ao fato de que a interação com gatos contribui para a absorção de um tipo de ácido siálico pelas crianças, que não ocorre naturalmente no corpo humano, mas que parece regular as reações inflamatórias.

Bem, eu sou suspeita em falar sobre esses bichinhos, tenho 4 gatinhas em casa, que me fazem companhia, me acalmam, me fazem rir e entendem quando estou triste ou doente aconchegando-se ao meu lado como companheiras de todas as horas. Então que tal adotar um felino, para lhe fazer companhia….. Mas não esqueça ao adotar um animal é preciso vaciná-los e castrá-los, pois isso pode evitar muitas doenças que podem encurtar a vida de seu bichano.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *