Pesquisadores da Universidade McMaster descobriram uma nova evidência significativa na busca pelo sonho de ganhar músculos e perder gordura, um problema frequentemente sentido para aqueles que tentam controlar o seu peso, suas calorias e equilibrar o seu consumo de proteína.

Os cientistas descobriram que é possível obter simultaneamente massa muscular e perder gordura de forma rápida, mas não é fácil.

Para este estudo, foram selecionados 40 homens jovens, submetidos a um mês de exercício intenso onde foram submetidos ao corte de calorias alimentar em 40% do que eles normalmente ingeriam.

“Foi um estudo cansativo”, diz Stuart Phillips, professor no Departamento de Cinesiologia na McMaster e pesquisador responsável pelo estudo. “Esses caras estavam em má forma física, mas isso era parte do plano Queríamos ver a rapidez com que poderíamos colocá-los em forma. Perder alguma gordura e ainda mantêm a massa muscular além de melhorar a sua força e fitness”, diz ele.

Os pesquisadores dividiram os participantes em dois grupos. Em ambos foi administrada uma dieta de baixo teor calórico, uma com níveis mais elevados de proteína do que o outro. O grupo com maior teor de proteína obteve ganhos musculares – cerca de 1.100 gramas – apesar de consumir poucas calorias, enquanto o grupo que recebia menos proteína não ganhou massa muscular.

O grupo que consumiu baixa quantidade de proteínas, pelo menos teve o consolo de não perder massa muscular, o que é um resultado previsível ao se cortar calorias, dizem os pesquisadores.

“O exercício, especialmente levantamento de peso, fornece um sinal para o músculo se manter, mesmo quando você está com um déficit grande de calorias”, diz Phillips.

Os pesquisadores ficaram intrigados porque os grupos de alta proteína também perderam mais gordura corporal.

“Nós esperávamos apenas a retenção muscular”, disse Phillips, “mas ficamos um pouco surpresos com a quantidade de perda de gordura a mais no grupo de consumo de proteínas mais elevado.”

Os resultados mostraram que o grupo que consumia alta quantidade de proteínas perdeu 4.700 gramas em média e o grupo que consumiu baixa quantidade de proteínas 3.600 gramas. Todos os participantes em virtude da exigente rotina de exercícios de seis dias por semana ficaram mais fortes, mais aptos, e a grande maioria em muito melhor forma.

No entanto, os pesquisadores alertam este regime não é para todos.

“Nós projetamos este programa para os jovens com excesso de peso, embora eu tenha certeza que ele pode funcionar para as mulheres jovens também, à fim de que se tornem mais aptas, mais fortes e que percam peso rapidamente. “Nós controlamos suas dietas e supervisionamos o exercício, mantivemos a amostra sobre controle durante as quatro semanas, de duração do estudo”

Phillips e sua equipe esperam realizar um estudo de acompanhamento para mulheres.

O estudo foi publicado na última edição do American Journal of Clinical Nutrition.

Fonte: http://www.medicalnewstoday.com/releases/305743.php

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *