A meditação é uma técnica de relaxamento e concentração onde busca-se alcançar um estado de clareza mental e emocional e paz interior, nesta prática  os sentidos são muitas vezes entorpecidos. Pesquisas sugerem que a meditação tem o potencial de mais do que apenas alívio temporário do estresse como também no tratamento de outras doenças.

Educadores, líderes espirituais e especialistas em saúde mental desenvolveram dezenas de formas de meditação. A variedade sugere que há uma forma de meditação para atender a maioria das pessoas, independentemente da personalidade ou estilo de vida.

Para alguém que medita, a prática oferece uma chance de melhorar o bem-estar físico, bem como a saúde emocional. No entanto, não existe um “caminho certo” para meditar, o que significa que as pessoas podem explorar os diferentes tipos até encontrar um que funcione para eles.

  • Dentro de cada tipo de meditação, existem vários subtipos para descobrir e praticar.
  • Professores de meditação, têm conceitos diferentes sobre a frequência com que se deva meditar.
  • Podemos testar abordagens diferentes até encontrar o caminho certo.

Tipos de meditação

  1. Meditação da bondade amorosa

A meditação da bondade amorosa também é conhecida como meditação Metta. Seu objetivo é cultivar uma atitude de amor e bondade em relação a tudo, até mesmo aos inimigos e de fontes de estrasse.

Enquanto respiram profundamente, os praticantes abrem suas mentes para receber gentileza amorosa. Eles então enviam mensagens de bondade para o mundo, para pessoas específicas ou para seus entes queridos.

Na maioria das formas dessa meditação, a chave é repetir a mensagem muitas vezes, até que o praticante sinta uma atitude de bondade amorosa.

A meditação da bondade amorosa é objetiva promover sentimentos de compaixão e amor, tanto para os outros quanto para si mesmo.

Indicada em casos de:

  • raiva
  • frustração
  • ressentimento
  • conflito interpessoal

Esse tipo de meditação pode aumentar as emoções positivas e tem sido associado à redução da depressão, ansiedade e estresse pós-traumático.

  1. Digitalização do corpo ou relaxamento progressivo

O relaxamento progressivo, chamado de meditação de varredura do corpo, é um tipo de meditação que estimula as pessoas a examinarem seus corpos em busca de áreas de tensão. O objetivo é notar a tensão e permitir que ela se solte.

Durante uma sessão de relaxamento progressivo, os praticantes começam em uma extremidade do corpo, geralmente nos pés, e trabalham através do todo.

Algumas formas de relaxamento progressivo, exigem que o praticante, tencione e relaxe os músculos, ou encorajar o praticante a visualizar uma onda, deslizando sobre seu corpo para liberar a tensão.

Relaxamento progressivo pode ajudar a promover sentimentos generalizados de calma e relaxamento. Também pode ser indicada para portadores de dores crônicas.  Como relaxa lenta e progressivamente o corpo, algumas pessoas usam essa forma de meditação ajudar a dormir.

  1. Meditação da atenção plena

A atenção plena é uma forma de meditação que mantem o praticantes consciente e presentes na prática.  Em vez de se concentrar no passado ou temer o futuro, a atenção plena estimula a consciência do ambiente existente da pessoa. Crucial para isso é a falta de julgamento.

A meditação da atenção plena é uma prática que pode ser realizada em qualquer lugar. Enquanto espera na fila do supermercado, por exemplo, podemos notar calmamente o ambiente ao seu redor, incluindo as imagens, os sons e os cheiros que eles experimentam.

Uma forma de atenção plena está envolvida na maioria dos tipos de meditação. A consciência da respiração, encoraja os praticantes a terem consciência da respiração, enquanto o relaxamento progressivo chama a atenção para áreas de tensão no corpo.

Como a atenção plena é um tema comum a muitas formas de meditação, ela foi extensivamente estudada.

Seus benefícios incluem:

  • reduzir a fixação em emoções negativas
  • melhorar o foco
  • melhorar a memória
  • diminuir reações impulsivas, emocionais
  • melhorar a satisfação do relacionamento

Algumas evidências sugerem que a atenção plena pode melhorar a saúde.

  1. Kundalini yoga

Kundalini Yoga é uma forma ativa de meditação que combina movimentos com respiração profunda e mantras, geralmente orientada por um professor. Esta prática,  pode melhorar a força física,  reduzir a dor, a  saúde mental, reduz a ansiedade e a depressão.

Um estudo de 2008 com veteranos com dor lombar crônica, descobriu que a ioga reduzia a dor, aumentava a energia e melhorava a saúde mental em geral.

Fonte:

https://www.medicalnewstoday.com/articles/320392.php?sr

Créditos imagem:

<a href=”https://www.freepik.com/free-photos-vectors/nature”>Nature image created by Freepik</a>

 

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *