A menopausa pode ser definida, como a ausência de períodos menstruais por 12 meses. É o período da vida de uma mulher quando a função dos ovários cessa completamente. O processo da menopausa não ocorre da noite para o dia, mas em vez disso é um processo lento e gradual, sendo uma experiência diferente para cada mulher.
A idade média da menopausa é 51 anos, mas a menopausa pode ocorrer precocemente à partir dos 30 anos, ou tardiamente aos 60. Não há nenhum teste de laboratório confiável para prever quando uma mulher vai entrar na menopausa.
No entanto, quando se fala em tratamento e terapêutica para os transtornos físicos e psíquicos, que algumas mulheres tem neste período, muitas são as alternativas, no entanto somente o médico ginecologista pode lhe orientar sobre o tratamento mais adequado.

Medicamentos Antidepressivos:
Alguns medicamentos antidepressivos, são de uma classe de drogas conhecidas como Inibidores Seletivos da Recaptação de Serotonina (ISRS) e estes medicamentos, tem demonstrado eficácia no controle dos sintomas relacionados a menopausa (fogachos) em 60% das mulheres. Especificamente, a venlafaxina (Effexor), a fluoxetina (Prozac), sertralina (Zoloft), paroxetina (Paxil), desvenlafaxina (desvenlafaxina) e citalopram têm sido utilizados, para diminuir a gravidade das ondas de calor em algumas mulheres. No entanto, os medicamentos antidepressivos podem estar associados a efeitos secundários, incluindo a diminuição da libido, ou disfunção sexual.
Estas drogas tem sido utilizadas para dar algum alívio nas ondas de calor, embora a sua finalidade específica não é o tratamento dos fogachos. No entanto seu uso podem causar efeitos colaterais, caso seja utilizado, deve ser prescrito e monitorado por um médico.

Estrógenos vegetais (Fitoestrógenos e as Isoflavonas)
As isoflavonas são compostos químicos encontrados em plantas como a soja entre outras que são fitoestrogênios ou estrogénos derivados de plantas. Eles têm uma estrutura química semelhante à dos estrógenos produzidos naturalmente pelo organismo, mas a sua eficácia como substituto do estrógeno é bem menor que o produzido pelo organismo. A sua potência estrogênica tem sido estimada como sendo apenas 1/1000 a 1 / 100.000 menor que o estradiol, um estrogéno natural.
Existem três tipos de isoflavonas na soja , a genisteina, gliciteína e daidzeína , mas que podem ser encontradas também no grão de bico e lentilhas e são considerados estrógenos mais potentes, mulheres que tiveram câncer de mama e não querem tomar a terapia hormonal (TH ) à base de estrógeno, podem utilizar os produtos a base de soja para o alívio dos sintomas da menopausa.
Há também uma percepção entre muitas mulheres que estrógenos vegetais são “naturais” e, portanto, mais seguros do que os medicamentos para Reposição Hormonal, mas isso nunca foi comprovado cientificamente. Mais pesquisas são necessárias para caracterizar plenamente a segurança e os riscos potenciais dos fitoestrogênios.

Vitamina E
Algumas mulheres relatam que suplementos de vitamina E podem fornecer alívio de fogachos (calores) leves, mas estudos científicos são escassos para comprovar a eficácia da vitamina E no alívio dos sintomas da menopausa. Tomando uma dosagem maior do que 400 unidades internacionais (UI) de vitamina E não é seguro, uma vez que alguns estudos sugerem que doses maiores podem ser associadas com o risco de doença cardiovascular. No entanto na Europa seu uso é bem comum para o alívio das ondas de calor.

Outras terapias alternativas para os sintomas da menopausa
Existem muitos suplementos e substâncias que têm sido anunciados como tratamentos “naturais” para os sintomas da menopausa, incluindo alcaçuz, chasteberry e inhame selvagem. Os estudos científicos não provaram a segurança ou a eficácia destes produtos.
Terapias não farmacêuticas para os sintomas da menopausa
Em mulheres para quem estrógenos oral ou vaginal são considerados inadequados, tais como sobreviventes de câncer de mama, ou mulheres que não desejam tomar estrogênio oral ou vaginal, há uma variedade de cremes lubrificantes vaginais que podem melhorar o desconforto da dor na prática sexual, relacionada à secura vaginal (dispaurenia) . No entanto, eles provavelmente não são tão eficazes no alívio dos sintomas como os medicamentos à base de estrógeno, oral e em creme.

Mudanças no estilo de vida no controle dos sintomas e complicações da menopausa
Muitos dos sintomas da menopausa e das complicações médicas podem surgir na pós-menopausa em algumas mulheres, que pode ser diminuído ou até mesmo evitado caso sejam tomadas medidas que levem à um estilo de vida saudável. O exercício regular pode ajudar a proteger contra as doenças cardiovasculares, bem como osteoporose o exercício também trás benefícios para saúde mental. A nutrição adequada e cessação do tabagismo também irá reduzir o risco de doença cardiovascular.
Bem pessoal espero que tenham gostado deste post e até uma próxima.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *