Manchas escuras na pele, ou hiperpigmentação, ocorrem quando algumas áreas da pele produzem mais melanina do que o habitual. A melanina dá cor aos olhos, pele e cabelos.

Manchas escuras na pele não são motivo de preocupação na maioria das vezes  e não precisam de tratamento, embora possamos optar por removê-las por razões estéticas.

Sintomas

Manchas escuras na pele podem variar de marrom claro a marrom escuro. A cor das manchas escuras pode depender do tom da pele. As manchas, geralmente são da mesma textura que a pele e não são dolorosas, também podem variar em tamanho e se desenvolver em qualquer parte do corpo, mas são mais comuns em áreas frequentemente expostas ao sol como, dorso das mãos, face e ombros.

Causas

Existem várias causas diferentes de manchas escuras, como descrevemos aqui:

Lesão solar

Também chamados de manchas solares, lentigos solares, ou manchas de fígado, as pessoas podem desenvolver manchas escuras na pele depois de serem expostas ao sol ou a sessões de bronzeamento.

Áreas do corpo que recebem maior exposição ao sol, como face, mãos ou braços, têm maior probabilidade de desenvolver manchas solares.

Alterações hormonais

Melasma é uma condição da pele que leva a pequenas manchas de descoloração da pele. A condição é mais comum em mulheres, especialmente durante a gravidez, pois os hormônios podem desencadear o melasma.

Efeitos colaterais de medicação

Certos medicamentos podem aumentar a pigmentação da pele e levar a manchas escuras os maiores culpados são os Anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs), tetraciclinas e psicotrópicos.

Inflamação

Manchas escuras podem se desenvolver após um processo de inflamação na pele, que  pode ocorrer por várias razões incluindo eczema, psoríase, leões na pele e acnes.

Cicatrização de feridas

Manchas escuras podem permanecer após uma picada de inseto, queimadura ou cicatrização e podem desaparecer com o tempo.

Irritação

Produtos cosméticos para pele ou cabelos podem irritar a pele, fazendo com que manchas escuras se formem.

Diabetes

A presença de diabetes pode tornar áreas da pele para mais escuras.

As condições associadas ao diabetes incluem acantose nigricans, que torna a pele escurecida e aveludada, e manchas nas pernas ou dermopatia diabética, que podem ser confundidas com manchas da idade.

Como tratar

.Manchas escuras na pele não requerem tratamento, geralmente querermor remover as manchas por razões estéticas.

Um dermatologista pode prescrever cremes ou procedimentos para clarear manchas escuras ou, em alguns casos, removê-las. Os procedimentos são mais caros que os cremes e têm maior probabilidade de causar efeitos colaterais.

A melhor opção de tratamento pode depender da causa, do tamanho da mancha escura e da área do corpo.

Tratamento com laser

Diferentes tipos de lasers estão disponíveis. O laser mais comum para tratar manchas escuras na pele usa um intenso laser de luz pulsada.  A luz atinge a melanina e rompe as manchas escuras.

Microdermoabrasão

Durante a microdermoabrasão, o dermatologista usa um dispositivo especial que possui uma superfície abrasiva para remover a camada externa da pele. Este tratamento promove crescimento de colágeno, o que pode ajudar a reduzir manchas.

Peeling químico

Envolve a aplicação de uma solução à pele, que esfolia a superfície, levando a um novo crescimento da pele. Faz desaparecer gradualmente as manchas escuras na pele.

Crioterapia

A crioterapia é um procedimento que envolve a aplicação de nitrogênio líquido nas manchas escuras para congelá-las, e posteriormente  destruir as células escurecidas das manchas.

Creme para clarear a pele

Creme de clareamento age clareando a pele. Funciona gradualmente e leva vários meses para diminuir a aparência de pontos escuros.

Hidroquinona,  é o ingrediente ativo maquis comuns nesses cremes, impede a pele de produzir melanina.

Remédios naturais

Os resultados de um estudo  sugerem que a aplicação de o  gel de aloe vera na pele pode ajudar a reduzir o melasma durante a gravidez em 5 semanas.

Diagnóstico

O dermatologista é o profissional indicado  para identificar a causa das manchas escuras na pele examinando-as e fazendo um histórico médico.

Prevenção

Pode nem sempre ser possível evitar o aparecimento de manchas escuras na pele. Por exemplo, alterações hormonais durante a gravidez que podem levar ao melasma não são evitáveis.

Alguns cuidados podem ser tomados para diminuir as chances de desenvolver manchas escuras:

  • Usar protetor solar com FPS de pelo menos 30 todos os dias,  mesmo na ausência de sol.
  • Usar chapéu de abas largas e óculos escuros para proteger ainda mais a pele.
  • Tratar condições da pele, como acne, que pode levar à inflamação.
  • Evitar o sol entre as 10 da manhã e as 4 da tarde quando tende a ser mais forte.

oma e outras formas de câncer de pele aqui.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *