… ESTA É A CONTINUAÇÃO DOS EFEITOS COLATERAIS A LONGO PRAZO PRODUZIDOS PELO TRATAMENTO PARA O CÂNCER – PARTE 1

5- Efeitos colaterais no sistema endócrino (hormonal)

Alguns tipos de tratamentos de câncer pode afetar o sistema endócrino. O sistema endócrino inclui as glândulas e outros órgãos que produzem hormônios e, produzem óvulos ou espermatozóides.

Pacientes de câncer que têm um risco de alterações hormonais pelo tratamento devem ter exames de sangue regulares para medir os níveis hormonais.

– Menopausa – Muitos tratamentos contra o câncer podem causar os sintomas da menopausa. Estes sintomas causados ​​pelo tratamento do câncer podem ser piores do que os sintomas da menopausa natural. Isso ocorre porque a diminuição nos hormônios acontece mais rapidamente.

As mulheres que tomam hormonoterapia, e que não passaram pela menopausa, podem ter períodos menstruais mais leves e menos regulares. Ou, essas mulheres podem ter seus períodos menstruais cessados completamente.

Para algumas mulheres mais jovens, os períodos menstruais podem retornar após o tratamento. Mas, mulheres com mais de 40 anos são menos propensas a ter seus períodos menstruais normais.

E, mesmo se o tratamento do câncer não causar a menopausa imediatamente, ainda pode causar a menopausa precoce.

– Problemas hormonais para homens – Os homens podem ter sintomas semelhantes à menopausa quando submetidos a alguns tratamentos para câncer.

Estes tratamentos incluem terapia hormonal para câncer de próstata ou cirurgia para remover os testículos.

– Infertilidade – Os tratamentos que afetam os órgãos reprodutores ou aumentam sistema hormonal causam risco de infertilidade, a qual pode durar um curto período de tempo ou pode ser permanente.

– Problemas de cabeça e pescoço – a radioterapia na área da cabeça e do pescoço pode diminuir os níveis hormonais ou causar alterações da tireóide.

6- Efeitos colaterais nos ossos, nas articulações e tecidos moles

A quimioterapia, medicamentos esteróides, ou terapia hormonal podem causar osteoporose, que é a fragilização dos ossos, ou dor nas articulações.

Algumas pessoas podem ter um maior risco de estas condições se não estiverem fisicamente ativas.

Os pacientes de câncer podem reduzir o risco de osteoporose nos seguintes casos:

– Evitar produtos do tabaco
– Comer alimentos ricos em cálcio e vitamina D
– Tornar-se fisicamente ativo
– Limitar a quantidade de álcool que bebem

7- Efeitos colaterais no cérebro, medula espinhal e nervos

Quimioterapia e radioterapia podem causar efeitos colaterais a longo prazo para o cérebro, medula espinhal e nervos. Estes efeitos tardios incluem:

– Perda auditiva de altas doses de quimioterapia, especialmente drogas como a cisplatina (Platinol®)

– Aumento do risco de acidente vascular cerebral de alta dose de radioterapia para a cabeça, geralmente para tratar um tumor cerebral

– Efeitos secundários do sistema nervoso, incluindo lesão dos nervos fora do cérebro e da medula espinhal (chamado neuropatia periférica)

Para verificar esses efeitos, os pacientes de câncer devem ter exames físicos regulares, testes de audição e raios-x após o tratamento.

8- Efeitos colaterais na aprendizagem, memória e dificuldades de atenção

Quimioterapia e radioterapia de alta dose para a cabeça pode causar esses problemas para adultos e crianças.

9- Efeitos colaterais na região da boca e dos olhos

– A quimioterapia pode afetar o esmalte dentário e aumentar o risco de problemas dentários a longo prazo.

– Radioterapia de alta dose para a região da cabeça e pescoço pode alterar o desenvolvimento do dente. Ele também pode causar doença de goma (doença das gengivas que pode levar à perda do dente), menor produção de saliva causando uma boca seca.

– Medicamentos esteróides (tipos de medicamentos semelhantes a hormônios) podem aumentar o risco de problemas oculares, como uma turvação do olho que afeta a visão (catarata).

Para vigiar futuros problemas, estes pacientes devem passar por consultas regulares com um dentista e um oftalmologista.

10- Efeitos colaterais na digestão

Quimioterapia, radioterapia e cirurgia pode afetar a forma como uma pessoa digere alimentos.

Cirurgia ou radioterapia para a área abdominal pode causar cicatrizes de tecido, dor de longo prazo e problemas intestinais que afetam a digestão. Além disso, alguns pacientes podem ter diarréia crônica, a qual reduz a capacidade do corpo para absorver nutrientes.

11- Dificuldades emocionais

Pacientes que recebem tratamento de câncer, muitas vezes, experimentam diversas emoções positivas e negativas, incluindo:

– Alívio
– Um sentimento de gratidão por estar vivo
– Medo de recorrência
– Raiva
– Culpa
– Depressão
– Ansiedade
– Sentir-se sozinho

Além disso, os pacientes, cuidadores, familiares e amigos também podem sofrer de transtorno de estresse pós-traumático. Este é um transtorno de ansiedade e, pode se desenvolver após viver um evento extremamente assustador ou potencialmente fatal, como o diagnóstico e tratamento do câncer.

A experiência pós-traumático de cada pessoa é diferente. Por exemplo, alguns pacientes lutam com efeitos emocionais negativos do câncer. Outros dizem que eles têm uma , perspectiva positiva renovada na vida por causa do câncer.

12- Câncer secundário

O câncer secundário é um “novo câncer”, que pode ser um câncer que se espalhou para outras partes do corpo de onde começou.

Ele pode desenvolver-se como um efeito tardio de tratamentos anteriores de câncer, como quimioterapia e radioterapia.

Isso pode acontecer porque a quimioterapia e a radioterapia podem danificar as células-tronco da medula óssea.

Isso aumenta o risco de desenvolver leucemia aguda ou mielodisplasia, a qual é um câncer de sangue onde as partes normais do sangue não são feitas ou são anormais.

13- Fadiga

A fadiga é uma sensação persistente de cansaço físico, emocional ou mental, ou exaustão.

É o efeito colateral mais comum do tratamento do câncer.

Alguns pacientes de câncer experimentam fadiga por meses ou mesmo anos após o término do tratamento.

 

Fonte:

http://www.cancer.net/survivorship/long-term-side-effects-cancer-treatment

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *