Pesquisadores revelam um marcador e uma nova ferramenta de teste para auxiliar no diagnóstico de demência fronto temporal (DFT) que pode ajudar a distinguir essa condição da doença de Alzheimer.

A Demência Fronto Temporal (DFT) é uma forma menos comum demência.  Pode ser chamada de doença de Pick ou demência do lobo frontal. Essa condição ocorre quando as células cerebrais nos lobos frontais ou temporais do cérebro, se tornam danificadas.

Os lobos frontais do cérebro são responsáveis ​​pela resolução de problemas, planejamento, controle emocional e comportamento.

A DFT pode afetar os lobos temporais, que podem ser encontrados em cada lado do cérebro e são responsáveis pela fala, o significado das palavras e o reconhecimento de rostos ou objetos.

Além das dificuldades com a linguagem, a DFT também provoca mudanças na personalidade e no comportamento.

Portadores de DFT podem apresentar mudanças de humor abruptas que transformam sua personalidade, podem agir de forma mais impulsiva, perder as inibições sociais (jocosidade), tornar-se apáticos ou perder o interesse pelas emoções de outras pessoas ou pela socialização.

Como alguns desses sintomas podem ser comuns a outras demências, pesquisadores do Brain and Spine Institute e do Hospital Pitié-Salpêtrière (ambos em Paris, França) começaram a examinar como a DFT afeta as “emoções morais” daqueles que convivem com a doença.

“Emoções morais” de acordo com os pesquisadores são experiências afetivas que promovem cooperação e coesão de grupo. Tais emoções incluem admiração, vergonha ou pena.

De acordo com os cientistas este estudo se justifica pois se sabe há muito tempo que os pacientes portadores de DFT, demonstram comprometimento do reconhecimento de emoções ou seja, da empatia.

Esse embotamento emocional também afeta um tipo específico de emoções chamadas emoções morais, que são cruciais para as interações humanas?” foi a questão que levou ao estudo. Para descobrir, a equipe projetou um teste para avaliar emoções morais.

O teste teve 42 cenários hipotéticos. O respondente no teste teve que escolher uma das quatro respostas possíveis, cada uma das quais dizia a  respeito ao sentimento que o cenário poderia provocar.

Para distinguir entre emoções “regulares” e emoções “morais”, os pesquisadores também pediram aos participantes para responder a outros 18 cenários não morais que provocariam emoções semelhantes – mas não morais.

Por exemplo, uma situação particular pode suscitar admiração do tipo moral, , pela generosidade de uma pessoa, mas outra situação não-moral pode suscitar admiração por uma bela pintura.

O teste foi aplicado a 22 pessoas com DFT, 15 pessoas com doença de Alzheimer e 45 pessoas que não tinham nenhuma das duas condições.

Os resultados da pesquisa confirmaram, como os pesquisadores previram, que a DFT enfraquece as emoções, em geral.

No entanto, também revelou que a DFT prejudica emoções morais muito mais do que as não morais em pessoas com a condição. Por outro lado, as pessoas com Alzheimer não mostraram nenhum prejuízo nessa área e tiveram um desempenho tão bom quanto às pessoas sem DFT ou Alzheimer.

Os resultados do estudo podem levar a diagnósticos mais precisos para DFT e permitir que os profissionais de saúde distingam com mais precisão este tipo de demência e a doença de Alzheimer.

As descobertas confirmam que as emoções, em geral, estão prejudicadas na DFT e revelam uma alteração particularmente profunda das emoções morais.

Essa ferramenta de teste parece fornecer um marcador precoce, sensível e específico para o diagnóstico de DFT, distinguindo de maneira confiável os pacientes com DFT de pacientes com doença de Alzheimer. Também poderia ser um marcador para outras doenças envolvendo a quebra de emoções morais, como por exemplo, caso de indivíduos psicopatas, de acordo com os pesquisadores.

Fonte:

https://www.medicalnewstoday.com/articles/325490.php

https://neurosciencenews.com/moral-emotion-ftd-14239/

https://www.news-medical.net/news/20190616/Study-shows-marked-impairment-of-moral-emotions-in-patients-with-frontotemporal-dementia.aspx

Créditos de Imagem:

<a href=”https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/pessoas”>Pessoas foto criado por katemangostar – br.freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *