A medida que envelhecemos a forma que nos alimentamos pode se alterar, pela perda de paladar, do olfato, perda dos dentes ou a dificuldade de digestão de certos alimentos, mas se não damos ao nosso corpo os nutrientes de que ele precisa, nossa saúde pode sofrer. Sendo assim,  aí vão algumas dicas de cuidados que devemos ter com nossa alimentação,  para que não tenhamos doenças relacionadas a nutrição incorreta na maturidade.

Desfrute de uma variedade de alimentos

O apetite pode diminuir à medida que envelhecemos, comer uma variedade de alimentos pode ajudar a manter a comida interessante.

Faça a ingestão de alimentos que sejam ricos em nutrientes como:

  • Cereais, incluindo pães, arroz e macarrão – de preferência integrais;
  • Feijão e grão de bico;
  • Carne magra, peixe, aves e / ou alternativas;
  • Leite, iogurte, queijo – escolha variedades de baixo teor de gordura, sempre que possível.

Alguns alimentos, como picolés, chocolates, refrigerantes e bolos, não são necessários para o nosso corpo e só devem ser consumidos de vez em quando em pequenas quantidades.

Beba muita água!

À medida que envelhecemos, na maioria das vezes não sentimos sede, mesmo quando o nosso corpo pede fluido.

É necessário a ingestão de líquidos regularmente,  água, água com gás, suco de frutas e leite. Pequenas quantidades de chá e café também podem ser incluídas.

Consuma fibras

Escolha alimentos ricos em fibras, como frutas, verduras, legumes e variedades integrais de pão e cereais, para estimular a boa saúde intestinal.

Proteínas

Certifique-se de comer alimentos ricos em proteínas, como carne, peixe, aves, ovos, soja e nozes. A necessidade de proteína,  aumenta quando chegamos aos 70 anos e o consumo de proteína na dieta ajuda na cicatrização de feridas.

Cálcio

Desfrute de alimentos ricos em cálcio, como leite com baixo teor de gordura, queijo, e iogurte, pois ajuda a prevenir e retardar a progressão da osteoporose. Leite de soja enriquecido com cálcio também é uma boa fonte de cálcio.

Vitamina D

A vitamina D também é importante para saúde dos ossos na maturidade. Obtemos vitamina D da luz solar principalmente, e quantidades menores em alimentos como, Margarina, lacticínios, salmão, queijo, ovos.

Se você está mais confinado dentro de casa e não tem muita exposição à luz solar, você deve procurar aconselhamento de um profissional médico sobre os suplementos de vitamina D.

Evite gorduras saturadas e sal

Com o passar dos anos, o paladar pode diminuir, mas em vez de adicionar sal, quem sabe tentar outras maneiras de adicionar sabor aos alimentos, como temperos ou ervas frescas.

Sempre que possível, tente compartilhar as refeições com a família e os amigos.

Fatores que interferem na alimentação saudável  na maturidade:

A quantidade e os tipos de alimentos consumidos na maturidade, podem ser afetados pelas mudanças relacionadas ao processo de envelhecimento e no  estilo de vida. Entre elas:

  • Não ter energia ou motivação para preparar comida
  • Sensação de solidão ou ansiedade
  • Não sentir fome
  • Problemas para engolir ou mastigar
  • Ter dificuldade em adquirir os alimentos
  • Diminuição do paladar.
Créditos de imagem:

<a href=”https://www.freepik.com/free-photos-vectors/background”>Background photo created by freepik – www.freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *