A anemia por deficiência de ferro é uma condição na qual o corpo não possui glóbulos vermelhos saudáveis ​​suficientes devido à falta de ferro. É comum entre idosos, com possíveis causas, incluindo deficiências nutricionais, perda de sangue, uso de certos medicamentos e má absorção.

O corpo usa ferro na produção de glóbulos vermelhos que que são responsáveis pelo transporte de oxigênio pelo corpo. Sem ferro suficiente, podemos não ser capazes de produzir eritrócitos saudáveis ​​suficientes para satisfazer as necessidades corporais. O resultado pode culminar em anemia por deficiência de ferro, que pode causar sintomas como fadiga, fraqueza e falta de ar.

Normalmente consumimos ferro na dieta. No entanto, deficiência alimentar ou a incapacidade do corpo de usar o ferro corretamente pode levar à anemia por deficiência de ferro. Essa condição é comum entre os idosos, devido a vários fatores contribuintes que podem afetar a forma como o corpo obtém ou usa o ferro da dieta.

No envelhecimento a falta de ferro é algo que deve ser investigado, uma pesquisa de 2018 observou que, nesta população de 12% à 47% podem desenvolver alguma forma de anemia.

Outras evidências apontam que a anemia é mais frequente em idades mais avançadas, afetando potencialmente cerca de 17% da população com idade superior a 65 anos. A pesquisa também sugere que a anemia por deficiência de ferro, especificamente, é responsável por cerca de um terço dos casos de anemia em adultos mais velhos.

Embora alguns casos de anemia por deficiência de ferro possam ser leves, a anemia em idosos pode contribuir para uma série de resultados adversos, incluindo internações hospitalares mais longas e morte.

Vários fatores  podem desempenhar um papel na anemia por deficiência de ferro, que incluem:

Ingestão dietética

A menor ingestão de ferro na dieta pode causar sintomas se o corpo não receber ferro suficiente para reabastecer as hemácias saudáveis. Pessoas que seguem certas dietas, como veganos, ou que não comem conscientemente alimentos ricos em ferro, podem ter um risco aumentado de anemia.

Outras deficiências de vitaminas

Mesmo com uma dieta rica em ferro, indivíduos com falta de outras vitaminas importantes ainda pode estar em risco de desenvolver anemia por deficiência de ferro. Deficiências em vitaminas do complexo B como a B12 e a B9, que também é chamada de ácido fólico ou folato – também são bastante comuns podendo afetar a absorção de ferro.

Má absorção

Se o corpo não pode usar o ferro adequadamente – devido a um distúrbio gastrointestinal – onde mesmo uma alta ingestão de ferro pode não ser suficiente para equilibrar os níveis de ferro. Problemas de saúde que afetam a absorção de ferro podem, causar anemia por deficiência de ferro como um problema secundário.

Valores baixos de eritropoietina

A eritropoietina  é um hormônio produzindo pelos rins e ajuda a estimular a produção e reparação de células vermelhas do sangue. Condições que podem afetar os níveis de eritropoietina também podem levar à anemia por deficiência de ferro. Essas condições incluem aquelas que afetam os rins e distúrbios relacionados a hormônios.

Sangramento

O sangramento pode levar a perda de hemácias saudáveis ​​o suficiente para desenvolver anemia. Cortes e arranhões também podem levar mais tempo para cicatrizar.

Condições que causam sangramento interno como úlceras ou problemas no estômago ou intestinos, podem reduzir o número de eritrócitos saudáveis ​​​​no corpo e levar à anemia por deficiência de ferro. Trauma ou lesão também pode causar sangramento interno oculto, levando à perda de sangue.

Alguns medicamentos ou combinações de medicamentos também podem aumentar o risco de sangramento interno, principalmente com uso prolongado.

Medicamentos

Vários medicamentos podem alterar a contagem de glóbulos vermelhos. Medicamentos que afetam os rins ou hormônios podem causar desequilíbrios no metabolismo corporal e prejudicar a criação de hemácias.

Medicamentos que afetam a absorção digestiva podem dificultar o processamento do ferro ou de outras vitaminas importantes, como as vitaminas do complexo B. Alguns medicamentos, incluindo quimioterápicos podem afetar a medula óssea, que é responsável por produzir hemácias saudáveis. As combinações de alguns medicamentos também podem ter efeitos desconhecidos que podem alterar a forma como o corpo produz ou usa as hemácias.

É aconselhável que as pessoas verifiquem os possíveis efeitos colaterais de um medicamento e discutam a possibilidade de um medicamento causar sintomas de anemia por deficiência de ferro com um médico.

Doenças crônicas

As doenças crônicas podem causar vários problemas no corpo, afetando potencialmente as hemácias e outros sistemas envolvidos na fabricação ou uso de hemácias. Alguns exemplos incluem:

  • Úlceras
  • Distúrbios intestinais e estomacais
  • Câncer
  • Doença hepática
  • Doença renal

Sintomas

Os sintomas da anemia variam entre os indivíduos, mas os sintomas mais comuns são:

  • Fadiga
  • Fraqueza
  • Batimento cardíaco acelerado
  • Falta de ar
  • Dores de cabeça
  • Dor no peito

Diagnóstico

O diagnóstico de anemia é feito por exame de sangue onde serão avaliados os diferentes tipos de células sanguíneas e outros componentes do sangue, como a hemoglobina, que é uma proteína que transporta oxigênio. Uma baixa contagem de hemoglobina pode indicar uma baixa contagem de glóbulos vermelhos e anemia.

Tratamento

O tratamento irá depender das condições do paciente, geralmente ocorre na forma de medicamentos, ferro dietético ou ferro intravenoso, para aumentar os níveis de ferro.

Como gerenciar a anemia

O portador de anemia por deficiência de ferro precisará garantir que

Ingerir mais alimentos ricos em ferro, como folhas verdes escuras, produtos de origem animal e feijão

Consumir alimentos ricos em vitamina C e vitaminas B9 e B12 para ajudar a melhorar a absorção de ferro

Limitar a ingestão de alimentos que podem bloquear a absorção de ferro, como laticínios ou alimentos ricos em ácido fítico

Ingestão de suplementos de ferro com alimentos para reduzir a sensação desagradável no estômago.

Créditos de imagem:

<a href=’https://www.freepik.com/vectors/infographic’>Infographic vector created by macrovector – www.freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *