A diminuição ou perda de apetite é um achado comum no processo de envelhecimento, pois a medida que envelhecemos perdemos papilas gustativas e olfativas que são essenciais para o estímulo alimentar, entretanto muitos fatores podem interferir no apetite, incluindo, uso de medicamentos, condições de saúde física e mental subjacentes. Às vezes, a causa é temporária, no entanto, a perda completa por um longo tempo do apetite, pode indicar um problema de longo prazo.

O apetite refere-se a quanto ou com que frequência sentimos vontade de comer. Nem sempre é consistente com a quantidade de alimentos ou nutrientes de que realmente precisamos. Dependendo da causa, podemos aumentar o apetite fazendo mudanças na dieta ou estilo de vida.

Causas físicas

Muitas condições de saúde física podem afetar o apetite. Isso inclui doenças de curto prazo, gripe ou resfriado, que podem diminuir temporariamente o apetite. No entanto, assim que essas doenças desaparecem, o apetite geralmente volta ao normal.

Quando a perda de apetite dura mais tempo, pode ser um sinal de uma doença latente. Alguns exemplos de condições crônicas que podem causar perda de apetite incluem:

  • Deficiências nutricionais, como deficiência de zinco
  • Condições digestivas, como Síndrome do Intestino Irritável, ou doença inflamatória do intestino;
  • Hipotireoidismo;
  • Doenças endócrinas, como Doença de Addison e Síndrome de Cushing;
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica;
  • Hepatite
  • HIV
  • Doença hepática crônica
  • Insuficiência renal e cardíaca crônica;
  • Certos tipos de câncer, como câncer de cólon, ovário, estômago ou pâncreas.
Causas psicológicas

A saúde mental e emocional também pode afetar o apetite. Por exemplo, algumas pessoas podem perder o apetite quando se sentem estressadas.  Luto, tristeza e outras emoções também podem diminuir o apetite.  Transtornos de ansiedade e alimentares, depressão, e transtornos por uso de substâncias.

No caso de um transtorno por uso de substância, uma droga específica, como a cocaína, ou a interrupção dos hábitos alimentares pode causar perda de apetite.

Medicamentos

Uma grande variedade de medicamentos pode alterar o apetite, pois podem reduzir a sensação de fome, alterar o olfato ou o paladar bem como causar náuseas. Qualquer um desses efeitos colaterais pode reduzir o interesse de pelos alimentos.

Alguns medicamentos e tratamentos médicos que podem ter esse efeito incluem: Antibióticos, analgésicos como codeína e morfina, antidepressivos, sedativos, quimioterapia, imunoterapia, entre outros.

Perda de apetite e envelhecimento

O envelhecimento pode afetar o apetite de várias maneiras, incluindo:

  • Mudanças fisiológicas: incluem mudanças relacionadas à idade nos hormônios, no sistema digestivo e nos sentidos, como olfato ou paladar. Os idosos, também têm maior probabilidade de ter doenças crônicas que podem afetar seu apetite.
  • Fatores psicossociais: idosos solitários podem ter menos apetite. Condições de saúde mental, como depressão, também podem desempenhar um papel.
  • Fatores farmacológicos: muitos idosos tomam medicamentos que podem diminuir o apetite.
Gerenciando a perda de apetite

Algumas ações podem auxiliar na melhora do apetite do indivíduo, entre elas estão:

Hábitos alimentares

Algumas pessoas podem achar útil comer em horários regulares todos os dias. Quem sabe aumentar o número de  refeições diárias com menor quantidade para equilibrar o ganho nutricional.

Outras maneiras de aumentar o apetite incluem:

  • Comer com amigos
  • Comer alimentos agradáveis
  • Comer menos fibras.

Se comer o suficiente é difícil, quem sabe tentar nos concentrar em alimentos saudáveis ​​e com alto teor calórico, como abacate, batata doce, manteiga de nozes e nozes e azeite de oliva.

Mudanças de estilo de vida

Podemos aumentar o apetite fazendo mudanças simples em nossa rotina. Isso pode incluir:

  • Uma programação regular de sono
  • Praticar exercícios físicos moderados
Suplementos

Se uma pessoa tem uma deficiência nutricional, ingerir mais desse nutriente em sua dieta ou tomar um suplemento pode melhorar seu apetite. Exemplos de suplementos, Zinco, Óleo de Peixe, entre outros.

Créditos de imagem:

<a href=’https://www.freepik.com/photos/food’>Food photo created by wayhomestudio – www.freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *