Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Alterações nos Ossos e Articulações devidas ao amadurecimento

ESTE ARTIGO É UMA PARTE DA SÉRIE “ALTERAÇÕES NO CORPO PROVOCADAS PELO AMADURECIMENTO


Ossos tendem a tornarem-se menos densos. Assim, os ossos se tornam mais fracos e mais propensos a quebrar.

Nas mulheres, a perda de densidade óssea acelera após a menopausa porque é produzido menos estrogênio.

O estrogênio ajuda a evitar que muitos ossos sejam quebrados durante o processo normal do corpo de formar, quebrar e reconstruir osso.

Os ossos tornam-se menos densos em parte porque eles contêm menos cálcio (o que dá força aos ossos). A quantidade de cálcio diminui porque o corpo absorve menos cálcio dos alimentos.

Além disso, os níveis de vitamina D, que ajudam o corpo a usar cálcio, diminuem ligeiramente.

Certos ossos estão enfraquecidos mais do que outros. Os mais afetados incluem o fim do fêmur no quadril, as extremidades dos ossos do braço (radio e ulna) no pulso, e os ossos da coluna vertebral (vértebras).

Mudanças nas vértebras na parte superior da coluna fazem com que a cabeça incline para a frente, comprimindo a garganta.

Como resultado, a deglutição é mais difícil, e a asfixia é mais provável.

As vértebras tornam-se menos densas e as almofadas de tecido (discos) entre elas perdem líquido e tornam-se mais finas, tornando a coluna mais curta. Assim, as pessoas maduras ficam com estatura menor.

A cartilagem que alinha as articulações tende a diminuir, em parte devido ao desgaste dos anos de movimento.

As superfícies de uma articulação não podem deslizar uma sobre a outra, assim como costumavam, e a articulação pode ser um pouco mais suscetível a lesões.

O dano à cartilagem devido ao uso no longo da vida de articulações ou lesões repetidas geralmente leva à osteoartrite, que é um dos transtornos mais comuns da vida adulta.

Os ligamentos, que ligam as articulações, e os tendões, que se ligam o músculo até o osso, tendem a tornarem-se menos elásticos, tornando as articulações apertadas ou rígidas. Estes tecidos também enfraquecem.

Assim, a maioria das pessoas se torna menos flexível.

Os ligamentos tendem a rasgar com mais facilidade, e quando rasgam, eles se curvam mais devagar. Essas mudanças ocorrem porque as células que mantêm ligamentos e tendões tornam-se menos ativas.

 


LEIA TAMBÉM:

– Magnésio pode prevenir fraturas ósseas

– Quedas e idosos

– Osteoporose

– Os benefícios da vitamina D

Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Parceiros