O arco senil também conhecido como halo senil ou gerontoxo, é a presença de um anel em volta da córnea que pode levar a cor azul, branca ou cinza na íris (parte colorida do olho). Esta condição é vista geralmente em pessoas mais velhas, podendo afetar indivíduos de qualquer idade. A presença de arco senil, é considerada normal, mas em alguns casos pode ser um sinal de colesterol alto, se ocorrer em indivíduos com menos de 45 anos.

O arco senil também ou arcus senilis corneae, se presente em indivíduos com menos de 40 anos, também pode ser conhecida como arcus juvenilis. Os portadores de arco senil, notam um meio círculo completo ou um arco em torno da córnea – parte frontal do olho clara, semelhante a uma cúpula.

Embora a presença de arco senil, possa parecer alarmante, não representa um sinal de perigo a saúde, ou um sinal de que a visão está se deteriorando. No entanto é aconselhável uma visita ao oftalmologista, afim de afastar outras causas.

Fatores causais e de risco

A principal causa de arco senil é o processo de envelhecimento, quase 100% das pessoas com mais de 80 anos, apresentarão esta condição, e 60 das pessoas com mais de 60 anos também.

A presença de arco senil ocorre devido ao depósito de gordura – lipídios – na parte externa da córnea. A gordura do sangue se acumula nesta região, geralmente em pessoas que tem uma dieta rica em alimentos gordurosos. Em alguns casos o aumento do colesterol pode ser o fator causador desta condição, mas nem sempre é decorrente da hipercolesterolemia.

Isso ocorre, pois, os vasos sanguíneos dos olhos se alargam com a idade, e com o envelhecimento o colesterol e a gordura presente nestes vasos se acumula nos olhos formando o arco senil.

Sendo assim se indivíduos jovens apresentarem arco senil, é necessário a dosagem de colesterol, pois, neste caso o aumento do mesmo pode ser o responsável por essa condição. A hipercolesterolemia como fator causal de arco senil, pode ser hereditária sendo então denominada distrofia cristalina central de Schnyder – esta condição faz com que cristais de colesterol se acumulem na córnea.

– O portador de arco senil pode notar a presença de um arco ao redor da córnea, sem alteração da acuidade visual.

O diagnóstico desta condição é feito por um oftalmologista, que irá verificar a presença de depósitos de gordura, além de sinais de aterosclerose – obstrução das artérias por placas de gordura.

Se a causa do arco senil for o aumento do colesterol, um exame de sangue poderá ser solicitado e caso se confirme a presença de hipercolesterolemia o médico poderá prescrever medicamentos para controle do mesmo como:

  • Estatinas: substâncias que bloqueiam uma substância que o fígado usa para produzir colesterol. As possíveis prescrições incluem atorvastatina (Lipitor), fluvastatina (Lescol), lovastatina (Altoprev), pravastatina (Pravachol) e rosuvastatina(Crestor).
  • Resinas de ligação a ácido biliar: substâncias que  levam o fígado a usar colesterol para produzir mais substâncias digestivas conhecidas como ácidos biliares. Isso diminui a quantidade de colesterol no sangue. As possíveis prescrições incluem colestiramina (Prevalite), colesevelam (Welchol) e colestipol (Colestid).

Inibidores de absorção de colesterol: estes podem reduzir a quantidade de colesterol absorvido pelo organismo. Uma prescrição possível é Ezetimibe (Zetia).

A ligação entre arco senil e colesterol elevado em idosos é assunto de debate entre profissionais médicos.

Alguns especialistas acreditam que existe uma ligação entre a condição e o colesterol elevado, o que pode levar a problemas cardiovasculares, outros que é um sinal normal de envelhecimento e que não há ligação entre a condição e os níveis mais elevados de colesterol.

Não há cura ou tratamento para o arco senil. Uma vez que aparece, não irá desaparecer.

Algumas pessoas optam por uma técnica conhecida como tatuagem da córnea para cobrir o anel, mas os médicos não recomendam isso.

Não há motivo para que a presença de arco senil afete a visão de alguém. A condição isolada também não representa nenhum perigo direto para a saúde.

Fonte:

medicalnewstoday.com/articles/319490.php

Crédito Imagem:

http://medical-dictionary.thefreedictionary.com/arcus+senilis

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *