Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Artrite lombar

A artrite lombar, é o resultado de alterações degenerativas da osteoartrite (OA) e da inflamação nas articulações mais baixas da coluna lombar.É a causa mais comum de artrite e uma das causas mais comuns de dor na região lombar.

A artrite lombar é uma forma  de artrite que afeta a coluna vertebral. A causa mais comum da artrite lombar é a osteoartrite.

A artrite lombar, é o resultado de alterações degenerativas da osteoartrite (OA) e da inflamação nas articulações mais baixas da coluna lombar.É a causa mais comum de artrite e uma das causas mais comuns de dor na região lombar.

A artrite lombar apesar de ser considerada uma alteração normal do envelhecimento, a dor e a rigidez na sua ocorrência podem limitar a capacidade do indivíduo em executar tarefas mais simples, especialmente aquelas que requerem curvatura e estiramento.

A artrite lombar envolve as articulações facetares e espaços de disco na parte traseira da coluna vertebral.

Os medicamentos anti-inflamatórios não esteroidais (AINES) podem levar ao alívio da dor e ajudar a reduzir a inflamação.

A artrite lombar é um sintoma crônico da artrite. A maioria dos tipos de artrite pode ser duradouro.

Alguns pesquisadores acham que a maioria dos casos de artrite lombar estão relacionados à osteoartrite, ou relacionados a espondiloartrite, artrite psoriática e outras formas de artrite.

A artrite lombar desenvolve-se gradualmente e é frequentemente associada à degeneração da coluna vertebral em idosos. Os sintomas geralmente não são perceptíveis no início. No entanto, qualquer movimento rápido, torção e movimento para trás na região lombar pode causar lesões na região lombar e outros  sintomas em  com essa condição.

Sintomas

A dor da artrite lombar ocorre aos movimentos e na inatividade.

Pode piorar se o indivíduo ficar parado em pé,  ou sentado por períodos prolongados.

Fazer um movimento de rotação para o lado ou para trás também pode causar dor.

A dor pode ser sentida a partir do centro da parte inferior das costas e pode expandir-se para a área pélvica ou para os lados das nádegas.

A dor também pode entrar nas coxas, mas raramente se espalha até os joelhos.

A artrite lombar também pode causar espasmos musculares, rangendo as articulações, rigidez e um menor alcance de movimento na região lombar.

Causas e fatores de risco

A artrite lombar resulta de condições artríticas específicas. O motivo mais comum para os sintomas da artrite lombar é osteoartrite.

O dano persistente da osteoartrite nas articulações facetárias da coluna vertebral faz com que as articulações se desgastem. Como resultado, os ossos da coluna começam a se desgastar serem comprimidos ao movimento.

A inflamação resultante da osteoartrite podem ser o resultado de fatores externos, incluindo dieta pobre, excesso de peso e genética.

Em alguns casos, o excesso de crescimento ósseo pode fazer com que as vértebras se fundam, causando rigidez e dor com o movimento.

Espondiloartrose: este tipo de artrite envolve principalmente as articulações da coluna vertebral e sacroilíaca e muitas vezes afeta jovens adultos, adolescentes ou crianças.

A espondiloartrite também está associada à inflamação de tendões e ligamentos  nos ossos, chamados entesite.

Artrite enteropática: de acordo com a Associação de Espondilite da América, a artrite enteropática afeta pessoas com doenças inflamatórias intestinais, como a doença de Crohn e colite ulcerativa.

Na artrite enteropática, as articulações sacroilíacas (SI) são afetadas, causando dor lombar.

As articulações sacroilíacas estão localizadas entre o sacro e os ossos da pelve e são suportadas por ligamentos resistentes. O sacro é o principal suporte da coluna vertebral.

Artrite reumatóide – pode afetar várias articulações no corpo, incluindo as articulações facetares da coluna vertebral, causando dor. Também pode destruir as articulações da coluna vertebral que afeta, embora estejam principalmente no pescoço superior (C1-C2).

A osteoporose faz com que os ossos percam massa e tornem-se quebradiços e propensos a fraturas mesmo com traumas pequenos traumas. A osteoporose deve-se principalmente ao envelhecimento. Quando isso afeta a coluna vertebral, as partes internas esponjosas e mais sólidas externas das vértebras tornam-se fracas e doloridas com o tempo. Eventualmente, pode ocorrer colapso ósseo.

Diagnóstico

O especialista irá diagnosticar artrite lombar com exame físico e se for o caso e  solicitar estudos de imagem, como raio-X e tomografia, quando necessário.

Tratamento

Medicamentos para dor

Mudanças de estilo de vida

Terapias alternativas

Cirurgia

Os analgésicos mais utilizados mais utilizados serão os  analgésico não esteroidais AINEs.

Certas mudanças de estilo de vida podem manter a pressão fora da coluna vertebral e melhorar a qualidade de vida de uma pessoa.

Mudanças de estilo de vida para ajudar os sintomas da artrite lombar incluem:

Perda de peso

Dieta saudável, incluindo alimentos que reduzem a inflamação

Não fume

Não consumir álcool em excesso

Praticar atividade física preferencialmente hidroginástica

Terapias caseiras para aliviar as dores da artrite lombar incluem,  compressas quentes e frias para melhorar o fluxo sanguíneo e reduzir o inchaço.

Prevenção

Alguns cuidados para prevenir artrite lombar incluem:

Manter postura correta

Praticar atividade física

Controle do peso

Dieta saudável

Usar sapatos confortáveis

Parar de fumar

A artrite crônica e seus muitos sintomas podem ser gerenciados com medicação e bons hábitos de vida. O portador pode conversar com seu médico para traçar o   melhor plano de tratamento para o alívio dos sintomas.

 

Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Parceiros