Os ossos tendem a diminuir em densidade à medida que envelhecemos, para alguns indivíduos, isso pode ser mais acentuado e levar a osteoporose.

A osteoporose é uma doença, onde ocorre perda de massa óssea, que pode contribuir para um risco aumentado de fratura.

A osteoporose é responsável por 2 milhões de fraturas anualmente. Entretanto a prática de exercício pode aumentar a densidade óssea nos praticantes. A quantidade precisa e o tipo de exercício necessário para obter o benefício são desconhecidos, mas estudos demonstram que,  que o levantamento de peso, e até mesmo a caminhada, pode aumentar a densidade óssea no quadril e na coluna. A razão para isso pode ser que o levantamento de peso provoca estresse nos ossos quando os músculos se contraem (o que faz com que os ossos engrossem), e caminhar também, o que os estimula a crescer.

Em dois estudos diferentes – um com homens entre 50 à 70 anos de idade que levantaram pesos três vezes por semana durante 16 semanas, e o outro de mulheres de 40 à 70 anos que levantaram peso duas vezes por semana durante um ano, foi observado que a densidade óssea na perna aumentou. Há também algumas evidências de que a caminhada pode aumentar a densidade óssea nos quadris e parte inferior das costas, mas a recomendação para a frequência e intensidade da caminhada não está clara. O  exercício ajuda a construir ou preservar a densidade óssea e é recomendável que permaneçamos ativos para manutenção da saúde dos ossos, músculos e articulações.

Créditos de imagem:

<a href=”https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/mao”>Mão vetor criado por freepik – br.freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *