Nesta pandemia de COVID-19, as recomendações de especialistas priorizam a lavagem das mãos e o distanciamento social. Mas, à medida que aprendemos mais sobre a transmissão do coronavírus, vemos a importância do uso de máscaras em público, o que não substitui o isolamento social. As máscaras faciais têm o objetivo de ajudar a retardar a disseminação do coronavírus.

Entretanto infelizmente o hábito de usar máscaras, não está sendo adotado por todos, embora estudos tenham apoiado a ideia de que coberturas faciais podem reter partículas exaladas de quem as usa para evitar que entrem no ar. Essa é uma etapa importante, especialmente porque muitas pessoas que têm COVID-19 podem ser assintomáticas. Usar uma máscara facial é um “ato altruísta”, o que significa que é para o bem-estar dos outros.

Usar uma máscara pode ser desconfortável ou até marcar a face,  mas encontrar a máscara certa pode ajudar a torná-la mais suportável. As máscaras N95 estão atualmente indicadas aos profissionais de saúde, portanto, para a maioria das pessoas, uma máscara facial de tecido, indicado para esse fim.

Qualquer que seja o tipo de máscara utilizada, ao removê-la, certifique-se de não tocar o rosto. Procure remover a máscara pela alça, tocando apenas essas partes; nunca toque no tecido da máscara.  Dobre a máscara para que a frente fique unida e lave as mãos imediatamente após.

Máscara de pano, devem ser lavadas após cada uso, com detergente, e se possível usando água mais quente ou apropriada para o tipo de pano utilizado na confecção da máscara.

Após a lavagem, a máscara pode secar ao sol ou na secadora.

Ao armazenar as máscaras, devemos mantê-las em um local limpo quando não as estiver usando. Uma bolsa com fecho é o local perfeito.

Considerando que precisamos limpar e secar a máscara após cada uso, recomenda-se ter mais que 1 máscara para uso durante o dia. O tempo de permanência com a máscara varia de acordo com o material com que ela foi feita.  As máscaras de tecido, recomendadas pelo Ministério da Saúde, devem ser trocadas a cada duas horas. A sugestão para o descarte, é usar um envelope de papel para armazenar na bolsa e na hora de lavar, é só abrir o envelope, puxar a máscara pela alça e jogar o papel no lixo.

A máscara N95, que tem a parte metálica para se ajustar ao nariz pode ser reutilizada, mas é indicada aos profissionais de saúde.

É importante lembrar que o uso das máscaras protege bem mais e duplica a proteção, desde que seja utilizada por todos, esta prática pode não lhe proteger 100%, mas com certeza irá reduzir de forma significativa o risco de transmissão da doença.

 

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *