Artrite reumatóide (AR) é uma doença auto-imune que reduz muito a qualidade de vida de uma pessoa, e pode causar deficiência e morte prematura.

Ela afeta cerca de 1,5 milhões de pessoas nos Estados Unidos, sendo que as mulheres têm risco maior de desenvolve-la quando comparado aos homens.

Para compreender o que os remédios naturais podem fazer para ajudar os pacientes com AR, é importante saber, primeiramente, o que é a doença, fatores de riscos, causas, sintomas e diagnóstico (clique aqui para saber mais sobre AR).

Tratando a artrite reumatoide

Os objetivos de qualquer tratamento para AR são:

– Educar as pessoas sobre a doença

– Reduzir a dor e o inchaço

– Ajudar as pessoas a permanecerem ativas e sentirem-se melhor

– Lentificar os danos nas articulações

Os tratamentos podem ser medicamentos ou não-medicamentosos, e são frequentemente utilizados em combinação.

Uma vez que a AR é uma doença progressiva que piora sem intervenção, o tratamento tende a ser intenso.

Os fármacos anti-reumáticos modificadores da doença (DMARDs) são frequentemente prescritos no prazo de 3 meses após o diagnóstico, para reduzir a atividade da doença e evitar a deformação das articulações.

As pessoas com AR devem trabalhar com um especialista para discutir o tratamento medicamentoso, e falar sobre outros remédios que podem reduzir o desconforto e melhorar a mobilidade e a qualidade de vida.

Remédios naturais para a artrite reumatoide

De acordo com as diretrizes clínicas encontradas no Orgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Reumatologia, a fisioterapia pode auxiliar as pessoas com AR.

Fisioterapia pode envolver alongamento, exercício, calor e frio, e repouso equilibrado com exercício de fortalecimento.

Alongamento

Alongar os músculos que circundam as articulações afetadas pode proporcionar alívio dos sintomas de AR.

Um estudo publicado na Health Technology Assessment descobriu que exercícios simples de fortalecimento nas mãos podem trazer alívio para pacientes com AR.

Os resultados sugeriram que um programa de alongamento e fortalecimento para aliviar os sintomas nas mãos e pulsos pode ser um complemento eficaz aos métodos de cuidados convencionais.

Pessoas com AR devem falar com um médico ou fisioterapeuta antes de iniciar qualquer regime de alongamento para certificarem de que não vão colocar as articulações sob qualquer estresse indevido.

Exercício

Além do alongamento, um programa de exercícios de baixo estresse pode ajudar.

Atividades dinâmicas, de baixo estresse, como nadar ou andar de bicicleta, podem fortalecer os músculos ao redor das articulações afetadas, reduzir o impacto nas articulações e retardar a progressão da AR.

Calor e frio

Há evidências médicas conflitantes sobre o efeito da aplicação de calor ou frio nas áreas afetadas pela AR. No entanto, algumas pessoas podem encontrar alívio temporário através do aquecimento ou resfriamento das áreas doloridas de seus corpos.

Em casa, compressas quentes ou com gelo podem fornecer alívio devido a dor causada nos pulsos e pés. Sprays que gelam a região também podem ser usados para produzirem frio em um nível profundo de tecido sem alterar muito a temperatura da pele.

Repouso e exercício

O repouso é um tratamento importante para as articulações doloridas, mas deve ser equilibrado com o exercício, já que o descanso continuo pode fazer as articulações doloridas piorarem.

É importante trabalhar em estreita colaboração com um médico e fisioterapeuta para garantir que haja um equilíbrio entre os períodos de repouso e exercício de fortalecimento.

Dieta

Uma vez que a inflamação é um dos principais sintomas da AR, uma dieta anti-inflamatória pode ajudar a reduzir os sintomas.

Um estudo publicado em Terapias Complementares em Medicina reuniu 600 participantes que seguiram uma dieta à base de plantas ricos em frutas e legumes frescos, grãos integrais, legumes, nozes e sementes.

Os pesquisadores descobriram que a maioria dos participantes tinha uma redução em uma proteína específica, que é conhecida por causar inflamação.

As pessoas que seguiram esta dieta anti-inflamatória mostraram redução significativa na inflamação sistêmica.

Pessoas com AR devem considerar uma dieta anti-inflamatória saudável para reduzir a dor e aumentar o seu bem-estar geral.

Suplementos

Suplementos específicos podem ajudar a promover um estilo de vida saudável.

Óleo de peixes de água fria, como salmão, cavala, atum, bacalhau e arenque contêm grandes quantidades de ácidos graxos ômega-3. (saiba onde encontrar ômega-3 CLICANDO AQUI) 

Os ácidos graxos ômega-3 são anti-inflamatórios e bloqueiam os receptores inflamatórios no organismo. Estes podem ajudar, já que a AR é uma doença inflamatória.

Uma meta-análise publicada na The Nutrition Society compilou pesquisas sobre óleo de peixe e AR. Suas descobertas indicam que as pessoas que usaram óleo de peixe e anti-inflamatórios não esteróides (AINEs) por um longo tempo tiveram menos problemas em suas articulações. Os pesquisadores concluíram que o óleo de peixe pode ser benéfico como uma terapia complementar para pessoas com AR.

Cúrcuma, ou açafrão-da-terra, é um promissor anti-inflamatório natural. Em um estudo publicado em Artrite e Reumatologia, os pesquisadores descobriram que um extrato específico de cúrcuma reduziu a inflamação das articulações em pessoas com artrite.

Aumentar o consumo de cúrcuma, adicionando o tempero aos alimentos poderia ajudar sem causar quaisquer efeitos colaterais. Os suplementos de cúrcuma devem ser usados ​​com cuidado. As pessoas que também usam medicação anticoagulante, como a warfarina, devem evitar a cúrcuma.

Um estudo recente publicado na revista Nutritiondescobriu que tratar pacientes com um probiótico específico, L. casei 01, melhorou tanto a atividade da doença como a inflamação em pacientes com AR.

Se mais pesquisas confirmarem esses resultados, os probióticos podem se tornarem parte do tratamento da AR.

Ao invés de usarem suplementos, as pessoas com AR podem obter todos os probióticos que precisam de alimentos, como iogurte, picles e queijo.

Alguns suplementos podem ajudar as pessoas com AR, mas é importante discutir isso com um médico antes de tomar qualquer um deles, uma vez que podem ter efeitos colaterais.

A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA não regula as ervas e os suplementos. Como resultado, as doses de suplementos podem ser irregulares, isto é, alguns poderiam ter suas dosagens altas, e outros baixas. Há também alguns casos relatados onde as ervas foram contaminadas.

Mudanças no estilo de vida

Reduzir o stress sobre o corpo e a mente pode ajudar as pessoas com AR.

Meditação, Tai chi, yoga e qi gong são todas as maneiras suaves para trazer equilíbrio e relaxamento para o corpo e a mente.

Fonte: http://www.medicalnewstoday.com/articles/315492.php

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *