A doença de Alzheimer é um tipo de demência tipicamente associada idosos. Os casos de início precoce ocorrem antes dos 65 anos de idade.

Este distúrbio, causa problemas de memória e uma variedade de sintomas relacionados. É uma doença progressiva, o que significa que os sintomas pioram com o tempo. É o tipo mais comum de demência.

Os especialistas acreditam que a doença de Alzheimer de início precoce é responsável por menos de 10% de todos os casos. Geralmente é resultado de uma característica genética herdada e na maioria dos casos aparecem quando o portador tem entre 40 e 50 anos , mas pode começar aos 30 anos.

Atualmente não há cura, mas o tratamento pode ajudar a controlar os sintomas e retardar a progressão da doença.

Sinais e sintomas

O principal sintoma da doença de Alzheimer é a perda de memória, mas outras alterações podem ocorrer. Os sintomas também podem ser semelhantes aos de outros tipos de demência.

  1. Perda de memória que interfere nas atividades da vida diária

O sintoma mais perceptível da doença de Alzheimer costuma ser a perda de memória. Uma pessoa pode começar a esquecer mensagens ou eventos recentes de uma forma incomum para ela. Eles podem repetir as perguntas, tendo-se esquecido da resposta ou do fato de já terem perguntado.

Não é incomum que os portadores se esqueçam das coisas à medida que envelhecem, mas com a doença de Alzheimer de início precoce, isso acontece mais cedo na vida, ocorre com mais frequência e parece estranho.

  1. Dificuldade em concluir as tarefas diárias

O portador pode ter dificuldade para concluir tarefas. Por exemplo, podem achar difícil:

  • ir a uma mercearia, restaurante ou local de trabalho
  • seguir as regras de um jogo familiar
  • preparar uma refeição simples

Às vezes, precisam de ajuda com coisas novas ou desconhecidas à medida que envelhecem, como as configurações de um novo telefone. No entanto, isso não indica necessariamente um problema.

Por outro lado, se o portador usou o mesmo telefone por anos e de repente não consegue se lembrar como fazer uma chamada, ela pode estar tendo perda de memória relacionada à doença de Alzheimer.

  1. Resolução de problemas ou dificuldades de planejamento

Oportador pode achar que tem dificuldade em seguir instruções, resolver problemas e se concentrar. Por exemplo, podem achar difícil:

  • seguir uma receita
  • seguir as instruções em um produto
  • manter o controle de contas ou despesas mensais

Esses sinais podem  indicar o início precoce da doença de Alzheimer.

  1. Confusão sobre localização e hora

O portador pode ficar confusa sobre lugares ou horários,  ter dificuldade em controlar as estações, meses ou horas do dia, ficar confusos em um lugar desconhecido. À medida que a doença de Alzheimer progride, eles podem se sentir confusos em lugares familiares ou se perguntar como chegaram lá. Eles também podem começar a vagar e se perder.

  1. Esquecer ou perder objetos de uso comum

A maioria das pessoas perderá itens em algum momento, mas geralmente são capazes de localizá-los novamente pesquisando em locais lógicos e refazendo os passos.

No entanto, portadores de doença de Alzheimer podem esquecer onde colocou um item, especialmente se o colocou em um local incomum. Eles também podem ser incapazes de refazer seus passos para encontrar o item que faltava. Isso pode ser angustiante e fazer com que a pessoa acredite que alguém os está roubando.

  1. Problemas com a escrita e com a fala

A pessoa também pode ter dificuldade com palavras e comunicação. Eles podem achar difícil acompanhar ou contribuir para uma conversa, ou podem se repetir. Eles também podem ter dificuldade para escrever seus pensamentos.

É comum o portador  parar no meio de uma conversa, incapaz de descobrir o que dizer a seguir,também podem ter dificuldade em encontrar a palavra certa ou rotular as coisas incorretamente.

Não é incomum que ocasionalmente tenham dificuldade em encontrar a palavra certa.

  1. Julgamento reduzido

O portador pode começar a mostrar uma mudança na capacidade de tomar decisões. Por exemplo:

  • gastar muito tempo fazendo tarefas desnecessárias
  • mostrar desatenção com a higiene pessoal, incluindo o banho
  • guardar coisas em lugares inesperados, como guardar as chaves na geladeira
  1. Mudanças de humor ou personalidade

O indivíduo com doença de Alzheimer pode apresentar mau humor,  podem se sentir irritados, confusos, ansiosos ou deprimidos, também podem perder o interesse pelas coisas que costumavam desfrutar.

Eles podem ficar frustrados com seus sintomas ou sentir-se incapazes de compreender as mudanças que estão ocorrendo. Isso pode se apresentar como agressão ou irritabilidade para com os outros.

  1. Afastar-se de atividades sociais ou de trabalho

À medida que a doença de Alzheimer se desenvolve, o indivíduo também pode deixar de participar das atividades sociais ou de trabalho que costumava desfrutar.

Fatores de risco

A doença de Alzheimer de início precoce provavelmente se origina de fatores genéticos.

Algumas pessoas nascem com alterações genéticas em genes específicos e desenvolvem a doença de Alzheimer familiar de início precoce. As mudanças fazem com que o cérebro produza proteínas tóxicas que se acumulam no cérebro, formando aglomerados conhecidos como placas de proteínas beta amilóide.

Os genes passam de uma geração para a seguinte em um padrão autossômico dominante, o que significa que o indivíduo só precisa herdar uma cópia do gene alterado de um dos pais para desenvolver a doença. Frequentemente, o pai / mãe tem a mesma condição.

Diagnóstico

Se uma pessoa apresentar um ou mais dos sintomas acima, deve buscar um profissional de saúde o mais rápido possível. O diagnóstico precoce pode ajudar a retardar a progressão da doença.

Atualmente o diagnóstico da Doença de Alzheimer é Clínico, entretanto alguns instrumentos como escalas e testes pode auxiliar no diagnóstico.

Tratamento

O tratamento se concentra no controle dos sintomas, pois atualmente não há cura para a doença de Alzheimer. O tratamento inclui:

  • medicamentos para ajudar na perda de memória e possivelmente retardar a progressão da doença, para insônia, depressão, terapia comportamental, terapia de estimulação cognitiva entre outras.

 

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *