Artrite é uma doença que se caracteriza pela inflamação das articulações, mas o termo pode ser usado para descrever cerca de 200 condições que afetam as articulações, os tecidos que envolvem a articulação e outros tecidos conectivos. É uma doença reumática.

A forma mais comum de artrite é a osteoartrite. Outras doenças reumáticas comuns relacionadas à artrite são a gota, a fibromialgia e a artrite reumatoide.

As doenças reumáticas têm como sintomas a dor, dor, rigidez e inchaço em torno de uma ou mais articulações, que podem se desenvolver gradualmente ou repentinamente. Certas doenças reumáticas também podem afetar o sistema imunológico e órgãos internos do corpo.

Algumas formas de artrite, como artrite reumatoide e lúpus (LES), podem afetar múltiplos órgãos e causar sintomas generalizados.

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), 54,4 milhões de adultos nos Estados Unidos receberam um diagnóstico de alguma forma de artrite. Destes, 23,7 milhões de pessoas tiveram sua atividade reduzida de alguma forma devido a condição.

A artrite é mais comum entre adultos com 65 anos ou mais, mas pode afetar pessoas de todas as idades, incluindo crianças.

Curiosidades sobre a artrite
  • Artrite é um termo que se refere a cerca de 200 doenças reumáticas e doenças que afetam as articulações, incluindo lúpus e artrite reumatoide.
  • Pode causar uma variedade de sintomas e prejudicar a capacidade de realizar tarefas diárias.
  • A atividade física tem um efeito positivo na artrite e pode melhorar a dor, a função motora e saúde mental.
  • Fatores que podem aumentar o risco de desenvolver artrite incluem lesão, metabolismo anormal, genética, infecções e disfunção do sistema imunológico.
  • O tratamento da artrite visa controlar a dor, minimizar os danos nas articulações e melhorar ou manter a qualidade de vida. Envolve medicamentos, terapias físicas e educação e apoio ao paciente.

Tratamento

O tratamento para a artrite visa controlar a dor, minimizar o dano articular e melhorar ou manter a função e a qualidade de vida.

Uma variedade de medicamentos e estratégias de estilo de vida podem ajudar a alcançar isso e proteger as articulações de danos adicionais.

O tratamento inclui:

  • medicações
  • terapias não farmacológicas
  • terapia física e ocupacional
  • educação e apoio ao portador
  • perda de peso
  • cirurgia, incluindo substituição da articulação
Medicação

A artrite não inflamatória, como a osteoartrite, são frequentemente tratados com medicamentos para redução da dor, atividade física, perda de peso caso o portador esteja acima do peso e educação em saúde para o autogerenciamento.

Podem também ser indicados anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs), drogas antirreumáticas modificadoras da doença (DMARDs) e uma relação nova classe de medicamentos conhecidos como biológicos.

O tipo de medicamento dependerá do tipo de artrite

  • Analgésicos: reduzem a dor, mas não afetam a inflamação . Exemplos incluem acetaminofeno (Tylenol), tramadol (Ultram) e narcóticos contendo oxicodona (Percocet, Oxycontin) ou hidrocodona (Vicodin, Lortab)e o Tylenol.
  • Anti-inflamatórios não esteróides (AINEs): reduzem a dor e a inflamação. AINEs incluem o ibuprofeno (Advil, Motrin IB) e naproxeno de sódio (Aleve). Alguns AINEs estão disponíveis como cremes, géis ou adesivos que podem ser aplicados a juntas específicas.
  • Contramirritantes: alguns cremes e pomadas contêm mentol ou capsaicina, o ingrediente que torna as pimentas picantes. Esfregá-los na pele sobre uma articulação dolorosa pode modular os sinais de dor da articulação e diminuir a dor.
  • Drogas antirreumáticas modificadoras da doença (DMARDs): usadas no tratamento da AR, as DMARDs diminuem a velocidade ou impedem o sistema imunológico de atacar as articulações. Exemplos incluem metotrexato (Trexall) e hidroxicloroquina (Plaquenil).
  • Biológicos: usados ​​com DMARDs, os modificadores de resposta biológica são drogas geneticamente modificadas que têm como alvo várias moléculas de proteínas envolvidas na resposta imune. Exemplos incluem etanercept  (Enbrel) e infliximab (Remicade).
  • Corticosteróides: a prednisona e a cortisona reduzem a inflamação e suprimem o sistema imunológico.

Mudança de hábitos

Uma dieta saudável e equilibrada, com exercícios apropriados, evitando fumar e não beber álcool em excesso, pode ajudar o portador de artrite a manter a saúde.

Dieta

Não existe uma dieta específica que trate a artrite, mas alguns tipos de alimentos podem ajudar a reduzir a inflamação.

  • peixe
  • nozes e sementes
  • frutas e vegetais
  • feijões
  • azeite
  • grãos integrais
Autogerenciamento

O autogerenciamento dos sintomas da artrite é fundamental para controle da doença, e incluem os seguintes cuidados:

  • alcançar e manter um peso saudável
  • tornar-se ou manter-se fisicamente ativo
  • fazer check-ups regulares
  • proteger as articulações de estresse desnecessário

Fisioterapia

Os médicos podem recomendar o acompanhamento do de um profissional Fisioterapeura para ajudar os pacientes com artrite a superar alguns dos desafios e reduzir as limitações à mobilidade.

Formas de fisioterapia que podem ser recomendadas incluem:

  • Terapia com água quente: exercícios em uma piscina de água quente. A água suporta peso e coloca menos pressão sobre os músculos e articulações
  • Física terapia: exercícios específicos adaptados às necessidades individuais de condições e, por vezes combinada com tratamentos para o alívio da dor, tais com compressas quentes ou frias e massagem
  • Terapia ocupacional: conselhos práticos sobre o gerenciamento de tarefas do dia-a-dia, escolha de equipamentos e auxiliares especializados, protegendo as articulações de maiores danos e gerenciando a fadiga

Atividade física

Pesquisas sugerem que, embora os indivíduos com artrite possam experimentar aumentos de dor a curto prazo no primeiro exercício, a atividade física continuada pode ser uma maneira eficaz de reduzir os sintomas a longo prazo.

As atividades físicas favoráveis ​​às articulações que são apropriadas para adultos com artrite e doenças cardíacas incluem:

  • caminhada
  • natação
  • ciclismo

Um profissional Educador Físico pode ajudá-lo a encontrar maneiras de viver um estilo de vida saudável e ter uma melhor qualidade de vida.

Fonte:

KHANNA, Dinesh et al. Natural products as a gold mine for arthritis treatment. Current opinion in pharmacology, v. 7, n. 3, p. 344-351, 2007.

BLOOM, Bernard S. Direct medical costs of disease and gastrointestinal side effects during treatment for arthritis. The American journal of medicine, v. 84, n. 2, p. 20-24, 1988.

SINGH, Jasvinder A. et al. 2015 American College of Rheumatology guideline for the treatment of rheumatoid arthritis. Arthritis & rheumatology, v. 68, n. 1, p. 1-26, 2016.

MCINNES, Iain B.; SCHETT, Georg. Pathogenetic insights from the treatment of rheumatoid arthritis. The Lancet, v. 389, n. 10086, p. 2328-2337, 2017.

Créditos de imagem:

<a href=”https://www.freepik.com/free-photos-vectors/woman”>Woman photo created by rawpixel.com – www.freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *