Em 1500 o navegador Juan Ponce de Leon estava em busca da fonte da Juventude, ele não encontrou e em vez disso atracou na costa da Flórida onde foi morto por Nativos Americanos furiosos. Desde então, há diversos relatos na história da Humanidade da eterna busca da juventude, e mais de 500 anos depois tentamos retardar o processo de envelhecimento.

Fazemos loucura as vezes na tentativa de nos mantermos jovens, compramos cremes “milagrosos”, nos submetemos a agulhas cirurgias a qualquer coisa que possa retardar a ação do tempo.

Entretanto na atualidade alguns estudiosos acreditam ter encontrado a fonte da juventude, um hormônio que ajuda a perder peso, reduz rugas, diminui a pressão arterial, aumenta a massa muscular, amenta a energia e segundo estudos reverte o processo de envelhecimento. Parece mentira, mas este hormônio é produzido pelo nosso corpo e tem um nome “Hormônio do Crescimento – GH”.

O GH é um hormônio produzido pela Hipófise (Glândula Pituitária), que tem o tamanho de uma ervilha localizada na base do cérebro. A Hipófise produz vários hormônios e cada um deles tem uma ação em várias partes do corpo, entre esses hormônios o GH. O Hormônio do Crescimento age na musculatura, das células ósseas e o GH é produzido em maior quantidade na adolescência. Então se o corpo produz pouco GH na infância a criança irá ter uma estatura pequena, e se produz em excesso a criança pode ter um crescimento exagerado e ficar muito alta. As duas condições podem ser passíveis de tratamento médico.

Entretanto, mesmo depois de atingirmos a idade adulta nossos corpos continuam produzindo GH, apesar de não crescermos mais, este hormônio desempenha um importante papel em nosso metabolismo. Geralmente produzimos GH durante o sono, o que demonstra a importância de que dormir suficiente é fundamental para a saúde. Mas a produção de GH começa a diminuir após os 30 anos e vai diminuindo progressivamente no processo de envelhecimento.

Defensores do GH, afirmam que este hormônio pode ajudar e até mesmo diminuir os efeitos do processo de envelhecimento.

O GH é um hormônio utilizado no tratamento de indivíduos que tenham deficiência deste hormônio, onde são realizadas injeções diárias que melhoram os sintomas dos portadores ( GH só é eficaz se for administrado por via Intra muscular).

O uso do GH pode ser usado no tratamento de fraqueza muscular,  relacionada ao HIV, bem como tem uma excelente resposta na cura de danos musculares, pois, pode acelerar o processo de recuperação de ruptura muscular.

Contudo, ainda não há provas científicas robustas dos benefícios do GH  em adultos, mas há inúmeras provas de que seu uso indiscriminado pode causar efeitos colaterais graves, entre eles:

– Inchaço nos braços e pernas;

– Dor nas articulações;

– Crescimento ósseo anormal;

– Aumento da pressão arterial;

– Edema – Inchaço generalizado;

– Artrite;

– Diabetes;

– Síndrome do túnel do carpo e aumento das mamas.

Alguns estudiosos acreditam que o uso descontrolado de GH pode causar câncer.

Então, resumindo o GH retarda ou não o processo de envelhecimento? A resposta seria não existem evidências científicas concretas que sim. Então o que poderia retardar o processo de envelhecimento? A resposta é uma vida saudável, como uma dieta saudável e a prática de atividade física.

Créditos de imagem:

<a href=’https://www.freepik.com/vectors/background’>Background vector created by macrovector – www.freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *