A osteoporose é uma doença silenciosa que, raramente, apresenta sintomas e que relacionada com o desequilíbrio entre o ganho e a perda de massa óssea.

É mais comum entre as mulheres, porque a deposição de cálcio nos ossos sofre influência do hormônio sexual feminino estrogênio (que também está presente nos homens, mas em quantidades menores do que nas mulheres), que diminuem quando a mulher entra na menopausa. Com essa queda no hormônio estrogênio, ocorre uma perda de massa óssea (descalcificação) tornando os ossos mais frágeis.

O diagnóstico é realizado através da densitometria óssea.

A prevenção deve ser feita desde a infância, através de uma alimentação saudável e equilibrada, que deve conter alimentos ricos em cálcio.

Lembra quais são esses alimentos?

Leite e derivados: queijos, iogurtes, coalhada, etc.).

Além disso, é importante que haja consumo de alimentos ricos em vitamina D, tais como: óleo de fígado de bacalhau, peixes como atum, arenque, sardinha e salmão, assim como a exposição ao sol para que ocorra produção e conversão da vitamina D em nossa pele, entretanto, CUIDADO, não é para ficar exposto ao sol até virar um pimentão, principalmente, se você for muito branco e idoso, cujo pele já é mais frágil e sensível aos raios solares. Essa exposição ao sol deve ser feita no início da manhã, entre sete e nove horas, ou no final da tarde, entre dezesseis e dezoito horas.

Além disso, a prática de atividade física, também, favorece a deposição de cálcio em nossos ossos.

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *