A dieta DASH (Dietary Approaches to Stop Hypertension)  ou “Abordagem Dietética para Controlar Hipertensão” prioriza alimentos com teores mais baixos em sódio, bem como alimentos ricos em potássio, magnésio e cálcio – nutrientes que ajudam a baixar a pressão arterial.

A dieta DASH apresenta cardápios que incluem muitos vegetais, frutas e produtos lácteos com baixo teor de gordura, além de grãos integrais, peixes, aves e nozes. Oferece porções limitadas de carnes vermelhas, doces e bebidas açucaradas.

Abordagem dietética para parar a hipertensão, ou DASH, é uma dieta recomendada para pessoas que querem prevenir ou tratar a hipertensão (pressão alte) e reduzir o risco de doença cardíaca.

A dieta foi criada depois que os pesquisadores notaram que a pressão alta era muito menos comum em pessoas que seguiam uma dieta baseada em vegetais, como vegetarianos e veganos.

Adieta DASH enfatiza frutas e vegetais, contendo algumas fontes de proteína magra.  como frango, peixe e feijão. A dieta é pobre em carne vermelha, sal, açúcares e gorduras.

Os cientistas acreditam, que uma das principais razões pelas quais indivíduos com pressão alta podem se beneficiar dessa dieta é porque reduz a ingestão de sal.

O programa normal de dieta DASH não estimula mais que 1 colher de chá (2.300 mg) de sódio por dia, o que está de acordo com a maioria das diretrizes internacionais.

A versão de baixo teor de sal não recomenda mais que 3/4 colher de chá (1.500 mg) de sódio por dia.

Benefícios potenciais

Além de reduzir a pressão arterial, a dieta DASH oferece uma série de benefícios, incluindo perda de peso e redução do risco de câncer.

Reduz a pressão arterial

A pressão arterial é a mensuração da força que o sangue exerce nos vasos sanguíneos e órgãos à medida que passa através deles. È controlado através de duas medidas:

Pressão sistólica: A pressão nos vasos sanguíneos quando o coração contrai.

Pressão diastólica: A pressão nos vasos sanguíneos entre os batimentos cardíacos, quando o coração relaxa.

A pressão arterial normal para adultos é uma pressão sistólica abaixo de 120 mmHg e uma pressão diastólica abaixo de 80 mmHg. Isto é normalmente escrito com a pressão arterial sistólica acima da pressão diastólica, assim: 120/80.

Pessoas com pressão arterial de 140/90 são consideradas hipertensas.

Curiosamente, a dieta DASH reduz a pressão sanguínea em pessoas saudáveis ​​e com pressão alta.

  • Diminui o risco de câncer:Uma revisão recente indicou que as pessoas que seguiam a dieta DASH apresentaram um risco menor para alguns tipos de câncer. Incluindo  câncer colorretal e mama.
  • Reduz o risco de síndrome metabólica: alguns estudos observam que a dieta DASH reduz o risco de síndrome metabólica em até 81%.
  • Diminui o risco de diabetes:A dieta tem sido associada a um menor risco de diabetes tipo 2. Alguns estudos demonstram que também pode diminuir a resistência à insulina.
  • Diminui o risco de doença cardíaca:Em uma revisão recente em mulheres, após uma dieta semelhante a DASH foi associado com um risco 20% menor de doença cardíaca e um risco 29% menor de acidente vascular cerebral.

Muitos desses efeitos protetores, são atribuídos ao alto teor de frutas e vegetais da dieta. Em geral, comer mais frutas e vegetais pode ajudar a reduzir o risco de doenças.

Créditos de imagem:

<a href=”https://www.freepik.com/free-photos-vectors/background”>Background photo created by freepik – www.freepik.com</a>

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *