Nos dias de hoje viver só é cada vez mais uma opção, principalmente na maturidade, quando os filhos vão embora, seja por casamento, mudança de cidade, ou por opção de morar longe dos pais. Sendo assim podemos adotar  alguns cuidados de segurança para garantir para viver uma vida independente saudável e feliz. Considere estas dicas para se proteger enquanto vive sozinho (a):

1.Mantenha os números de emergência nas proximidades.

Acidentes são imprevisíveis, por isso é muito importante estar prevenido. Mantenha uma lista de números de emergência perto do seu telefone e em sua bolsa ou carteira. A lista deve incluir um familiar próximo ou o número de contato do seu amigo, de seu médico, de seu vizinho ou alguém que possa ajuda-lo em caso de necessidade.

  1. Crie um ambiente seguro – Cuidado para não cair
    Infelizmente 60% das quedas acontecem em casa.  Fazer mudanças simples em seu espaço pode ajudar na prevenção de acidentes. Dicas simples como melhorar a iluminação, instalar corrimões e barras de apoio e remover os riscos de segurança dos pisos e escadas como tapetes e pisos escorregadios, manter o ambiente livre para caminhar, retirar excesso de móveis e objetos do chão, irão lhe proporcionar uma maior segurança em seu lar.
  2. Conheça seus vizinhos
    Você já se apresentou aos seus vizinhos? Ter pelo menos um relacionamento casual com aqueles que vivem ao seu redor pode ser útil em uma situação de emergência. Uma boa vizinhança se ajuda mutuamente em casos de pessoas indesejadas ou suspeitas lhe abordar em sua casa, bem como em sua ausência.  Quem sabe até incluir o número do seu vizinho na sua lista de contatos de emergência.
  3. Instale a iluminação do sensor de movimento
    Ao instalar a iluminação do sensor de movimento fora de casa, é menos provável que intrusos se aproximem. Se alguém chegar perto das janelas ou portas, as luzes se acenderão e isso pode fazer crer que você está em casa e o intruso poderá desistir da ideia. Esse tipo de equipamento tem um custo baixo e pode te deixar mais seguro(a).
  4. Segurança contra incêndios

A prevenção contra incêndios é a chave para se manter seguro em sua casa. Para reduzir o risco de sofrer um incêndio, o ideal é a instalação de alarmes de fumaça, nos quartos, banheiros, salas e outras áreas de isoladas. Esses equipamentos devem ser testados sempre que possível e ter sua manutenção garantida, no caso de serem necessários. Se ocorrer um incêndio, saia o mais rápido possível e não volte pra pegar nada. Ligue para o corpo de bombeiros e mantenha a calma.

  1. Agende visitas semanais de familiares ou amigos

Peça a um familiar próximo, amigo ou vizinho para ligar ou visita-lo ao menos uma vez por semana.  Pode ser uma conversa rápida, ou você pode fazer disso uma desculpa para se socializar.  Transforme a breve visita em um jantar para que você possa descontrair e bater um papo com uma companhia agradável. Não se isole e nem fique muito tempo sem dar ou receber notícias. Morar só pode ser muito bom, mas não esqueça que ter relações sejam elas de amizade, fraternas ou amorosas é muito melhor.

  1. Compartilhe sua rotina

Deixe sempre uma cópia de sua chave com um filho ou um parente de confiança, no caso de você sofrer um acidente ou não atender ao telefone, ele pode lhe socorrer caso não consiga pedir ajuda. Avise se vai viajar, se vai levar alguém para dormir na sua casa, se vai receber visitas. Compartilhar informações é fundamental para quem quer morar só com segurança.

  1. Utilize dispositivos de segurança

Hoje em dia há no mercado para venda dispositivos de segurança que podem ser  uteis em situações de emergência como pulseiras de emergência, botão de pânico, relógio rastreador, câmeras de monitoramento a distância, entre outros que permitem o rápido atendimento em casos de acidentes e na prevenção dos mesmos.

Créditos imagem:

<a href=”https://www.freepik.com/free-photos-vectors/house”>House image created by Rawpixel.com – Freepik.com</a>

 

Deixe seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *